Geração Suprema


Antes da criação temos a Destruição.
 
PortalInícioRegistrar-seConectar-seFAQBuscar

Compartilhe | 
 

 T4E19 - O Início da Grande Guerra

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Gadget
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 526
Data de inscrição : 18/08/2013
Idade : 29

Suprema Card
Nome Civil: Peter Heinz
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Qua Jul 29, 2015 8:18 pm

Fim se mostra tão imponente quanto sempre, mas não é mais do que eu ou qualquer outro mutante ou humano, ele apenas teve dons poderosos. Recebo um golpe e sou arremessado próximo a Hugh.

Para variar, Gadget e Blood Ice agindo em conjunto novamente

Vamos até o local e a caminho vou bolando algo, sem muito efeito, estou muito concentrado em Ohms

Da mesma forma que ficamos mais fortes eles também estão, cuidado Hugh esse fantoche é mais poderoso, enquanto a Ohms ele disse ser dissidente ou seja "o que sai de um determinado grupo ou organização, por divergir de seus princípios, ideias, doutrinas, métodos etc". Não o subestime sua força ! Aliado a capacidade do Fantoche de voo, regeneração, força, fazer copias, assimilar madeira e dar vida a madeira são oponentes que vão desgastar em muito nos dois

*e o pior e mais estranho é minha habilidade de leitura não funcionar com Ohms, isso é assustador !*


Faço um calculo simples vendo toda a madeira do local e também preparando a defesa então fecho a mascara do traje. Pelo comunicador aviso a Hugh

Eu e Fantoche podemos voar, você não deve sentir problemas em lutar em um campo congelado, assim que tiver uma oportunidade congele tudo o que puder

E continuo para todos

Senhores se possível gostaria de resolver isso sem conflito direto, tenho uma nova visão do mundo e gostaria que não houvesse derramamento de sangue

_________________
ITENS:
 



A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jinx
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 119
Data de inscrição : 11/08/2014
Idade : 19

Suprema Card
Nome Civil: Giovanna Marcelly
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Qui Jul 30, 2015 1:23 am

A batalha se desenvolve rapidamente e um homem aparece em minha frente, desferindo um grito potente contra mim.

*Mas que merda!?*

Levo minhas mãos aos ouvidos para diminuir o ruído ensurdecedor. Tento visualizar o que acontecia ao meu redor, mirando um chute no primeiro vulto que perceber, seguido de disparos da minha nova arma, aproveitando a curta distância entre nós.

_________________
Mudei de novo sim! E se reclamar mudo outra vez <3:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Titan
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 470
Data de inscrição : 11/08/2013
Idade : 28

Suprema Card
Nome Civil: Nero
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Qui Jul 30, 2015 2:47 am

Titan após destruír um dos fantoches observa o desenrolar do combate

-Caralheo Jones que porra de treinamento é esse que você fez cara, um pulso eletromagnético desse nível so de juntar as mãos huahuahua apelação do carai huahuahua.

Titan então ve fim chegar

-Opa senhor Heitor quanto tempo não nos vemos e ai como anda as coisas.
Então sei que essa conversa é entre chefes mas nao seria melhor parar com essa matança mutante?

Após a nova onda de ataque começar Titan parte contra o fantoche recém consertado com golpes de karate mas Titan toma cuidado para não destruir o fantoche com os golpes esperando o momento certo para segurar o fantoche e aplicar um balão de Judô com o máximo de força que puder para acertar o fantoche que partiu contra Hagi.

-Ai Jones da para colocar esse projeto de demônio e esse calango para dormir logo o Fim ja está aqui.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Krisys
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 241
Data de inscrição : 24/06/2014
Idade : 20

Suprema Card
Nome Civil: Kisen Kiya
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Qui Jul 30, 2015 9:07 am

Um defeito que adquiri com o tempo, reflexo direto dos meus poderes é querer acabar tudo muito rápido, o que as vezes não é efetivo, agradeço ao senhor Bronson por me levantar e preparo novamente para o conflito.

Uma bola de fogo arremessada contra mim, me esquivo ainda atenta ao atacante e também atenta ao projetil disparado contra mim repito minha manobra de correr e deixar copias só que desta vez faço algo novo finjo ataques combinados a ilusão, ou seja, farei um ataque que vou errar propositalmente deixando uma copia, vou trabalhar no psicológico do meu oponente.

Apos diversos golpes falsos vejo onde ele tem a maior brecha e com uma velocidade em que a barreira não consiga ser formada lhe aplico um potente chute e volto a me distanciar
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tremor
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 259
Data de inscrição : 17/08/2013
Idade : 29
Localização : BELO HORIZONTE

Suprema Card
Nome Civil: Gregório Martinez
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Qui Jul 30, 2015 1:34 pm

Já conheço a força de metálica de outras ocasiões e sei que se for pra medir resistência e vigor físico ela consegue me derrotar facilmente, terei que usar todas as minhas habilidades a disposição, fortifico a minha defesa reforçando a minha proteção de terra, faço uma cortina de terra com a minha habilidade de controlar a tempestade de areia, em seguida tento manipular a terra procurando um lençol freático que tenha bastante pressão de água abrindo uma fenda interna no terreno até o local aonde metálica se encontra para a golpear primeiro com a pressão da água, e contando com a presença de Hugh que pode usar toda essa água ao seu favor congelando o terreno, faço as tentativas de a manter distante de mim com os tremores em sentido zig zag, dificultando a sua locomoção e aguardando que ou Hugh ou o bêbado do bugarski me ajudem a destruir de vez essa mala sem alça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Qui Jul 30, 2015 3:07 pm

A sugestão deles era um tanto quanto diferente da minha, porém tão igual quanto. Não respondi ao que Don propôs, apenas fiquei ali na minha, quieto, refletindo. Até que meu pai se aproximou de mim e acariciou minha cabeça.

- Ô pai, acabei nem te dando atenção - disse

- Não se preocupe Yanni. Eu sei que você tá muito ocupado. É que... Faz tanto tempo... - meu pai passa sua mão em meu rosto, acariciando meus pelos. Ele também está muito mutado, o que me causa uma certa estranheza pois, da última vez, ele era um humano que virava felinos. Agora, está mais pra um quase-híbrido como eu.

- Você mudou tanto... rrrr... Por que está mais...

- Animal? - ele me interrompeu - Bom, filho, não pude te ensinar muitas coisas por causa do nosso problema. Mas, pra você entender: Nós todos somos mutantes, mas um tipo diferente. Nosso DNA é severamente afetado por nossa mutação. Ou seja, com o tempo, vamos nos animalizando cada vez mais. Uns nascem como você, já totalmente híbridos. Outros, como eu e sua mãe, nascemos humanos, com pouca ou nenhuma característica felina mas, com o tempo, vamos nos tornando híbridos também. Mas é um processo que nunca para, e todos com esse tipo de poder crescem aprendendo a controlá-lo, para evitar...

- Que a mutação faça a pessoa se 100% animal? - pergunto, lambendo minha mão, muito semelhante com uma pata - Eu acho que já sou muito isso... Sinto que sou uns 95% animal

Sinto uma lambida na minha cabeça, e olho para meu pai, que havia mudado de forma para a forma de um leopardo das neves, voltando a sua forma normal logo depois.

- Se você sentir que essa é sua verdadeira natureza, eu e sua mãe lhe apoiaremos

Na hora, porém, escuto alguma citação sobre mim. Olho para fora da tenda e vejo os dois que vieram comigo conversando. Pego apenas parte da conversa, mas escuto sobre meu heroísmo e faço cara de satisfação, me virando para meu pai.

- Minha natureza é ser um herói, pai. Mesmo que eu seja um humano, um animal, um mutante ou seja lá o que eu for. Agora vamos, você vai me ajudar no que estou tramando.

Saindo da tenda, vou na direção de onde estão meus escolhidos, dando um rugido para que todos passassem a prestar atenção em mim. Volto a caminhar sob quatro patas e começo a falar.

- Gente, é o seguinte - digo - Todos vocês estão aqui por um único propósito: Defender a vida. Independente dela ser humana, mutante ou animal. Nós seremos o último grupo a atacar. Iremos agir como predadores. Ficaremos a espreita, enquanto vemos todos combaterem, até chegar o momento certo de atacarmos. Se todos vocês colaborarem, teremos uma vitória tranquila. Evitem ao máximo cometerem baixas. Façam isso apenas se perceberem que a vida de vocês ou de alguém próximo está sendo ameaçada. Vamos lá, todos para as suas posições - digo, correndo na direção da área onde devemos ficar - E eu precisarei falar com alguns de vocês.

Conversa 1 - Telepatas e Ilusionistas:
 

Conversa 2 - Teleportadores, Velocistas e Curandeiros:
 

Conversa 3 - Intangíveis e Invisíveis:
 


Total do grupo:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Spark
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 302
Data de inscrição : 30/11/2013

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Sex Jul 31, 2015 6:06 pm

Conseguimos não chamar a atenção e pega-los desprevenidos, o ataque faz com que eles tenham que se recompor.

Tudo seguia bem até que uma fumaça faz com que eu tussa bastante, ela então se mostra um oponente, que diz me enfrentar, eu olho para ele nitidamente irritado e digo:

-Aê, me diz uma coisa, eu estava respirando você? Cê é louco???

Libero uma grande carga elétrica com o intuito de não deixá-lo se dispersar como fumaça, e eletrocutá-lo nesse instante, tento camuflar essa ação chamando sua atenção com muita conversa:

-Quem te vestiu cara? Ou tu saiu de um museu direto pra cá? Aposto que você é um velejador do tempo Pedro Alvares Cabral... e seu poder é ser brega, né não!

_________________
Ficha Herói:
 


Imagem:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bugarski
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 647
Data de inscrição : 15/08/2013

Suprema Card
Nome Civil: Jones Statäinhoffen
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Dom Ago 02, 2015 6:05 pm

Teenimac

A situação em Teenimac não é nada boa. Eagle Eyes não informa o que vê e em pouco tempo os dois aglomerados de soldados de Fim chegam a um dos portões da cidade. Na frente deles está tornado que, com um ciclone, destrói os muros da cidade tornando muito fácil a entrada dos homens.

- Matem todos!

Tornado sente uma presença em um prédio próximo e vai até lá, encontrando Damiani

- Ora, ora, vejam só! Hora de encontrar seus amigos mortos!

Com um movimento rápido, Tornado pega as duas facas de Damiani, cravando-as imediatamente no peito do inglês. Evans nada pode fazer, caindo ao chão e aos poucos sua vida se esvai. Ao ver o telecinético morto ao chão, Tornado chuta-lhe a cabeça.

- Isso vai ser mais fácil do que pensei.

O barulho dos muros sendo destruídos chama a atenção de Val e Estrela Maior que seguem o plano de Kaboom. Com ataques coordenados, os dois conseguem afunilar o exército de Fim, levando-os até o ponto onde se encontram Kaboom, Nexus e Suporte.

Os soldados já chegam atirando, e vários projéteis se alojam nas pernas, braços e até no pescoço de um deles, Suporte. Celine desce com Eagle até a batalha e começa a recuperar os três.

Constructor chega a tempo de evitar que mais tiros ultrapassem, acertando a frente de defesa de Teenimac, mas é surpreendido por uma descarga mental de um atacante indefinido.

Nesse instante, no centro da batalha, se posiciona Magma. Ela toca o braço direito de Eagle, causando uma queimadura de terceiro grau. Tornado reaparece e, com as facas de Damiani, aponta para Vulpine e Harleen.

- Vocês serão os próximos!


São Paulo

Tigre monta sua estratégia rapidamente, agindo como um líder, passando recomendações e palavras de incentivo a sua tropa.

Apesar do tempo curto, os 250 soldados de Tigre se posicionam estrategicamente, aguardando o momento de atacarem.

Logo, Don chega com sua trupe, sem baixas pelo visto. No ponto demarcado têm-se início a um grande combate. Balas cortam o estádio, atingindo os dois lados. A saraivada barulhenta mescla-se com os gemidos e gritos dos baleados, com vantagem para a equipe defensora da liberdade.

Mas eis que uma grande energia plasmática varre um bom número de soldados de Don, Geo e Sagitário. Dela, segue um homem que chega a reluzir, causando palavras inesperadas de Don.

- Recuem! Não deixem que ele encoste em vocês! Recuem

O exército começa a recuar, mas, dos céus, surge um homem corpulento, descendo e batendo ao solo com tanta força que mais de quinhentos homens são alçados ao alto.

- Você?!

- Sim, sr. Diogo: Eu!MEGA! Vim interromper a injustiça!


Seattle

Krisys já se coloca em batalha novamente. Rapidamente ela desvia das chamas que vem em sua direção. Ela repete sua manobra anterior, mas usando agora ilusões atacantes, confundindo o inimigo de maneira mais complexa, dando maior realidade às suas ilusões. O ato acaba mostrando na movimentação de Franklin algumas brechas e ela tem tempo de, embaixo do braço direito do oponente, acertar um chute em sua costela.

O golpe acerta em cheio e Franklin sente o impacto violento nas costelas, colocando a mão esquerda imediatamente no local atingido em sinal de claro reflexo.

-Acho que você não escutou o bom velhinho Canfora, garotinha!

Pastor observa a ação de Krisys e não perdoa. Com uma rajada de plasma proveniente de seus olhos, Krisys é um alvo fácil, não atenta a movimentação de Pastor, dando atenção demasiada a Franklin. Desta vez o golpe causa estragos maiores, condenando a perna direita da garota. A perna sofre uma contusão séria, que, embora não a inutilize, faz com que suas funções não atinjam 10% do que poderia fazer em condições normais.

Franklin se levanta e, ao lado de Pastor, observa Krisys.

- Já chega, garotinha! Não vou mais maneirar!

Franklin começa a criar formas nas chamas, como se montasse um show de pirotecnia, dando a forma de veículos como navios, carros e aviões. O ataque vem de todos os lados de Krisys, que está ao chão.


Lisboa

Blood Ice e Gadget seguem Ohms e Fantoche. Após uma breve conversa entre si, os dois ministros de Teenimac dialogam com seus oponentes. Ohms responde:

-Desista de fazer perguntas a Fantoche, meus amigos. Ele já não pode mais responder, não depois dos procedimentos de abril de 2003. Também não tenho interesse em derramamento de sangue, por isso viemos a um lugar mais tranquilo, senhor gênio. E pode parar de tentar entender minha mutação, é muito mais simples do que pensa: meu dom é o mesmo que possui, apenas consigo escondê-lo melhor, devido a experiência, meu filho.

Ohms bate nas costas de Fantoche:

-Fantoche é uma de minhas criações. Aquele traje que o imbecil do Heitor destruiu com Geraldo dentro também, mas bastante obsoleto, foi criado no inicio dos anos 80, mas ainda era bastante funcional... Armor Head, muito provavelmente, está em Teenimac, meu companheiro russo. Quanto a sair dos Canforas, digamos que apenas discordo dos ideais extremamente pacifistas de Bronson, do exibicionismo de Constructor, do militarismo disciplinado de Don e mais importante, eu preciso estar de olho em Heitor no momento!

Estranhamente, nenhum dos dois, Fantoche ou Ohms, esboçam um movimento que possa significar perigo a Gadget e Blood Ice.

Jinx, atordoada, leva as mãos aos ouvidos para subtrair parte do impacto causado pelas ondas sonoras de seu oponente. Embora consiga recuperar parte de seus sentidos, a garota se mantém atordoada e chuta o primeiro vulto que encontra, disparando na sequência com sua nova arma mortal.

O oponente não tem a menor chance e, aos poucos, se recuperando, ela pode ver que acertara um reles soldado, enquanto o homem permanece em sua frente. Ele se apresenta:

-Sou Fritz, o tenor! Recomendo que abandone esta luta, jovem senhorita, não é contigo que tenho contas a acertar.

Certo de suas vantagens e desvantagens em relação a Metálica, Tremor fortifica sua defesa, refazendo e reforçando a proteção de terra no seu entorno. Ele segue fazendo uma cortina de terra para camuflar a sua real intenção: encontrar um lençol freático que tenha bastante pressão de água. Sem dificuldade graças a sua habilidade de rastreamento no solo, ele encontra o que deseja e cria uma fenda interna no terreno até o local onde Metálica se encontra para a golpear com a pressão da água. O golpe acerta em cheio mas, ainda é ineficaz, devido a extrema força da inimiga. Tremor se mantém à distância usando tremores em sentido zig zag, dificultando a locomoção de Metálica.

-Boa estratégia padre, mas eu não vou demorar a te acertar!

Spark inicia uma conversa com seu oponente, em seus termos comuns, com sarcasmo e humor(embora as vezes apenas ele consiga entender). O oponente responde:

-Na verdade venho de uma linhagem de senhores AAAAH!!!

Antes que termine sua frase, Smog é eletrocutado por Spark, caindo ao chão. O inimigo não parece sofrer muito, mas em seu semblante é fácil notar a sua irritabilidade adquirida:

- Não deveria me espantar que um plebeu tivesse tal conduta. Me proponho a conversar com um ser inferior e ele apunhala um nobre, no meio de sua fala! Vais pagar por isso, sacripantas! Em Lisboa conhecerás seu infortúnio!

Smog toma mais uma vez a forma de fumaça e desaparece no ar. Sem perceber, Spark se torna alvo de um membro de seu próprio exército, que começa a atirar contra ele.

Titan parte contra seu oponente usando golpes de karatê para camuflar uma técnica de judô. Mas desta vez a cópia de Fantoche não se mostra tão inofensiva, usando uma excelente defesa e um ótimo contragolpe, conseguindo levantar os braços de Titan e golpeando suas costelas com os dois braços. Titan sente dor, mas algo irrisório para sua capacidade, fazendo com que Nero consiga finalizar seu plano, atacando seu oponente contra o oponente de Hagi. As duas cópias caem juntas, mas desta vez não se desfazem.

-Valeu Titan! Não estou afim de mostrar minhas habilidades Jedi hoje!

Após o agradecimento de Hagi, Bugarski responde a Titan e Hagi:

-Mas vai ter que virar Jedi sim! “Dois xis dois”, Nero! Tome este! E você Humberto, cuide dos fantoches!

Bugarski responde se desvencilhando dos golpes de Phobus e fazendo com que o irado telecinético acabe acertando o homem crocodilo, colocando-o ao lado de Titan. Bugarski então consegue aproveitar de uma placa de metal próxima e acaba amarrando-a no corpo de Phobus sem que ele perceba e jogando-o ao lado de Alligator. Bugarski pousa dando dois tapas nas costas de Titan e libertando Phobus.

-Talvez esse vai ser nosso último confronto juntos, Nero. Então que seja como nos velhos tempos!

Fim e Suprema não iniciam um combate, apenas se olham, o que deixa tudo mais tenso. Suprema acaba interrompendo o silêncio fúnebre:

-Desta vez, pai, um de nós vai ter que parar.

-Certamente, Joana. Certamente você vai parar!

O chão começa a tremer e todos sentem que aquele não é um ato de Tremor.




OBS:- As postagens deverão ser efetuadas até as 16:00 hs de terça feira, dia 04/08
-No cenário 2, o jogador Tigre pode comandar sua tropa a atacar ou ainda manter-se a espreita. A forma que desenvolverá o ataque da equipe, nesta postagem, é de inteira responsabilidade do jogador, não permitindo sucesso automático.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blood Ice
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 421
Data de inscrição : 19/08/2013
Idade : 26

Suprema Card
Nome Civil: Hugh Irenia
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Seg Ago 03, 2015 5:50 pm

Após as palavras de Ohms, me surpreendendo e me mostrando uma possibilidade incrível.

Ohms, vejo que não quer lutar e ainda e cientista muito bem conceituado, e com o que me falou creio que esta guerra para senhor esta obsoleta correto?  

Faço um pausa e olho para Gadget e continuo.

Ohms, vamos formar uma aliança?
Caso isso aqui virei uma luta iremos perde muito mais do que ganhar, isso com certeza esta em seus cálculos, meu caro companheiro Ohms podemos ajudar a você no seu plano de para Heitor.


Faço uma nova pausa e olho mais atento para Ohms, observando qualquer reação fora do comum, mesmo que seja um piscada de olho a mais.

venho a deduzir isso pelo fato de que você preferiu ficar de olho em Heitor esse anos todos, então tem algum receio que ele vire algo que quase ninguém consiga derrotar.
Então sua presença esteja aqui nessa parte da guerra, senhor pode estar com seu plano aqui mesmo.
o que me faz olhar para espantalho e pensar que ele seja seu plano para derrotar ou parar Fim.


Após falar, olho para Gadget mostrando um olhar para que ele não ataque Ohms e dizendo que tenho algo em mente, espero a resposta de Ohms ainda com atenção para possível ataque deles.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Spark
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 302
Data de inscrição : 30/11/2013

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Seg Ago 03, 2015 11:12 pm

Deu certo, em parte, acertei o mané que se mestra furioso, pelo meu ato então eu digo:

-Sacripantas, infortúnio... Bicho não boa tu estacionou sua carroça a uns três seculos atras heim!

Então o vejo se dissipar, merda eu me distrai não podia ter deixado que isso acontecesse, e o pior acontece ele "supostamente" toma o corpo de um membro do meu exercito e me ataca.

Crio uma explosão de eletricidade para repelir e desviar as balas que vem em minha direção e em seguida mando uma pequena rajada elétrica contra contra a arma de meu oponente para que ele a largue, e seja obrigado a deixar o corpo do hospedeiro.

Nesse instante corro ate ele e giro os braços na mair velocidade que conseguir para com o movimento criar um tubo de ar para "prender" meu inimigo gasoso, eletrocuto-o para tira-lo de jogo.

_________________
Ficha Herói:
 


Imagem:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Eagle Eyes
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 24/06/2014

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Seg Ago 03, 2015 11:19 pm

Não consigo me concentrar após avistar os inimigos, perco tempo heim não alertar a todos, o que leva a um ataque devastador.

Sou atingida, no braço por Magma, meu braço arde como nunca antes, porém não há tempo para choro, tento fugir da esquentada me esgueirando pelos lugares tentando evitar o contato com a vilã, repasso a informação que tenho à todos pelos comunicadores, e só então procuro por Celine, para que ela me cure.

Após isso procuro por uma caixa d'água para que possa derrubar e apagar o fogo dessa vadia.

_________________
Ficha Herói:
 


Imagem:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Krisys
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 241
Data de inscrição : 24/06/2014
Idade : 20

Suprema Card
Nome Civil: Kisen Kiya
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Ter Ago 04, 2015 9:48 am

Merda ! De novo a minha perna direita, não sou canhota mas vou acabar tendo que me tornar desse jeito, ativo minha visão para que tenha uma chance maior de esquiva, em meu pensamento eu conseguiria acabar com um e derrubar o outro sem dificuldades, mesmo uma das pernas estando com problema o resto do meu corpo ainda é rápido suficiente para fazer uma atadura com o pedaço da camisa e usando as mãos como alavanca dar um impulso suficiente para sair do local alvo, me abrigando em algum local próximo, termino o curativo de forma rápida. Isso me faz lembrar do senhor Nero, quando falou que eu devia ser mais criativa em batalha

**que sua seja a minha deusa Sakhmet!**

Uso uma logica de adrenalina para diminuir a dor, bem semelhante aos dos lutadores de boxe, corro usando coisas do local como proteção e faço um plano simples de enganação lançando pequenos destroços em alta velocidade em diferentes direções confundindo pelo barulho os oponentes e ainda em movimento arremesso algumas contra o rosto dos oponentes para dar brecha para que eu mude de esconderijos ate que consiga separar os dois deixando o campo de visão fechado sem que me notem e então contra atacar de forma efetiva
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gadget
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 526
Data de inscrição : 18/08/2013
Idade : 29

Suprema Card
Nome Civil: Peter Heinz
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Ter Ago 04, 2015 12:25 pm

Ohms me surpreende novamente, e por incrível que pareça até Blood Ice consegue fazer algo que eu não havia previsto

Gostaria de ter te conhecido em outra ocasião Ohms, tenho uma posição diferente da dos Canforas e também das do Fim, não quero mortes, busco uma sociedade igualitária e que não precise de formas monetárias ou mesmo de desigualdades entre raça e classe, por isso fiz tantos maquinários para igualar as coisas, não sei qual o seu ideal ao vigiar Fim, mas creio que posso ser de grande ajuda assim como você pode me ajudar no novo mundo

Mando um comando aos robôs que estão ociosos para que se juntem a mim em batalha

Quero lhe apresentar o inicio da nova era a Legião, são um grupo de robôs que vão auxiliar os dois lados, não deixando ninguém morrer, o que acha de acabarmos com a luta de Lisboa ?

_________________
ITENS:
 



A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Ter Ago 04, 2015 1:53 pm

Todos nós nos mantínhamos à espreita, apenas observando de longe a troca de tiros que ia acontecendo. A cada disparo, eu fechava os olhos e rangia os dentes. Sentia minha cabeça latejar, ficava ofegante e grunhia.

- Grrarrgh! - Grunhia, me abaixando com as mãos nas orelhas, abrindo a boca mas não emitindo rugido algum.

- Filho? - Percebo meu pai correr na minha direção. - São os tiros, né? - Sinto seu abraço, e percebo ele se aproximar de mim, tampando minhas orelhas. - Calma, calma... Tranquilo... Não se assuste... Não vai acontecer nada com você...

De repente, paro de ouvir o som dos tiros e sinto que meu pai se afastou de mim um pouco. Me levanto devagar, e apenas vejo várias pessoas sendo lançadas para o alto. Arregalando os olhos, me viro para os meus colegas, vendo que eles parecem ter medo. Eu também me assustei, e mudanças bruscas emocionais acabam fazendo meu estado mental ser, consequentemente, desequilibrado, pender para o instinto. Eis que, junto de meu pai, corro na direção do local onde todos os telecinéticos e ilusionistas estão. Chegando lá, noto que todos estão flutuando no ar, possivelmente a maneira que eles têm para manter a rede de ilusão. Provavelmente uma interferência revelaria nossa localização. E isso não era o que eu queria na hora.

- Atenção! Rrggrhhh... - Coloco uma das mãos na cabeça - Desculpem, a troca... rrrrrggghh... de tiros mexeu um pouco comigo... rrrr... - Me sento em posição felina, lambendo uma das mãos e caminho de quatro, chamando a atenção de meu pai - Rrrgg... Não saiam agora.. grrrr... Saiam apenas quando... grrrr... rrrrr... Desculpem, não dá pra mim agora... rrrrghhhh... grrrr... Só saiam... quando eu atacar... grrarghh... E ataquem da mesma maneira que eu falei... rrrrr... rrrrgghh... por favor... - Estava sentindo que meu controle estava novamente fugindo das minhas mãos, e voltava para minha posição, caminhando sob duas patas com muita dificuldade e tendo que trocar para o andar sob quatro patas.

Chegando de volta ao meu local, sentia-me muito mal e diferente, e isso era visível. Mal conseguia falar. Eis que me virei para meu pai, falando com ele por meio de grunhidos e silvos, e ele parecia entender, até mudou de forma para poder conversar comigo melhor.

- Pai... Eu to sem controle... O instinto... Ele está tão forte quanto era antes... Me ajuda*

- Me fala o que você pensou, eu repasso pros telepatas, vi que você queria falar com eles.*

- Diz pra eles... Fazerem um ataque conjunto contra os dois que atacaram os exércitos. Aquele de plasma e o que veio voando. E fala pra eles... Não se preocuparem... Em deixá-los vivos. Somos heróis, não assassinos. Mas se esses dois se mantiverem vivos, seremos os responsáveis indiretos por muitas mortes. Fala também pros 23 geradores de campos de força que eles são nossa linha de frente, eles precisarão formar nossas defesas e impedir que outros morram*

- Mas Yanni...*

- APENAS FAÇA!* - rugi para ele, voltando-me rapidamente para o ponto de batalha.

Percebi meu pai virando um guepardo e correndo até os telepatas. No meu ponto, pretendo aguardar um pouco mais, até poder atacar usando a força de atrito do ar ao meu favor, acelerando ao máximo que eu poderia na minha forma de guepardo e, num ataque rápido, alterando para minha forma de tigre, usando minhas presas para causar o máximo de dano ao meu alvo.[/b]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Titan
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 470
Data de inscrição : 11/08/2013
Idade : 28

Suprema Card
Nome Civil: Nero
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Ter Ago 04, 2015 4:44 pm

Titan após jogar o fantoche e ajudar Hagi

-Uai esse não virou migalhas não huahuaha deve ser uma madeira mais forte, bom vamos quebrar ela então.

Antes que Titan pudesse partir contra os fantoches Jones entrega um novo alvo para Titan.

-Huahuahua como nos velhos tempos em Jones.

-Hagi hoje não é dia de ser Jedi, estamos em guerra então seja um Sith, não perdoe seu inimigo so destrua.

Titan olha para o homem crocodilo.

-Ja dei porrada em homem rinoceronte e uns outros bichos estranhos acho que ja até em um calango gigante, hoje mais uma vez vou bater em outro animal vou acabar sendo preso pelo ibama huahuahua

Titan parte contra o inimigo crocodilo aplicando golpes de Karate e Boxe visando sempre as partes vulneráveis do corpo.

-Será que você sente dor no mesmo lugar que um ser humano normal.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kaboom
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 334
Data de inscrição : 16/08/2013

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Qua Ago 05, 2015 6:08 am

A guerra chega a Teenimac. Sabia disso desde o início mas mesmo assim era o que eu mais temia.talvez por isso eu não tenha reagido bem ao primeiro momento e o que aconteceu? Estou aqui, baleada. Celine vem pra me ajudar e eu respondo:

-Cuide dos outros! Não são balas que vao ne parar!

Me esforço pra levantar, entendendo que, se sou a líder por aqui, tenho que ser uma inspiração. Energizo oito esferas e atiro no meio do exercito inimigo e digo em voz alta a todos os meus comandados:

-Ataquem! Eles podem ser numerosos, mas eles tem Tornado! Nos somos muito melhores que isso! Defendam a cidade! Teenimac!!

Tornado é insignificante. Eagle vai se indispor com Magma, essa traidora! Então vou ficar no exército, reduzir suas forças pra voltar contra os outros. Parto pra cima do exercito carregando mais esferas e explodindo-as nos soldados de Fim, sem me importar com o rastro de sangue que irei deixar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jinx
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 119
Data de inscrição : 11/08/2014
Idade : 19

Suprema Card
Nome Civil: Giovanna Marcelly
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Qua Ago 05, 2015 8:41 am

Quando começo a me recuperar percebo que havia atingido um soldado aliado, mas parecia meio tarde para pedir desculpa. O inimigo recém-chegado diz que eu deveria desistir.

- Eu recomendo que você cale a boca, cantor de ópera.

Ao dizer isso uso minha metralhadora já em mãos, tentando acertar a cabeça de Fritz com o corpo da arma de fogo, para em seguida atirar diversas vezes contra o mesmo.

_________________
Mudei de novo sim! E se reclamar mudo outra vez <3:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bugarski
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 647
Data de inscrição : 15/08/2013

Suprema Card
Nome Civil: Jones Statäinhoffen
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Qui Ago 06, 2015 8:02 am

Cenário 1 – Teenimac

A situação em Teenimac se agrava com a renúncia de ataque da maior parte da equipe. Mas, preparados pra guerra, alguns deles conseguem reagir. Estrela Maior consegue barrar o avanço das tropas se posicionando perto da fenda enquanto Val não permite que o flanco traseiro dos inimigos se volte para alvejar seu irmão.

-Morram seus filhos da puta! Irrá! Voltem para lamber as bolas de seu chefe!

- Irrá! Vão todos morrer, cambada de tremores!

Eagle Eyes toma uma decisão rápida, se esgueirando junto aos soldados de Teenimac. Ferida, ela se torna um alvo de fácil detecção, mas, graças a insanidade de Kaboom, ela passa despercebida. Enquanto Eagle se esgueira atrás de Celine, Kaboom faz o contrário. Mesmo baleada, ela se posiciona como a líder de Teenimac, abrindo mão de ser curada por Celine. O ato, somado a palavras muito bem colocadas, inflamam os soldados de Teenimac, que parte numa contra ofensiva inesperada, que faz o exército inimigo recuar. Enquanto isso, Celine ajuda a Nexus, que acaba desmaiando, mesmo sendo curado. Celine então toca o braço de Eagle, dizendo:

-A coisa foi feia aqui! Vai demorar um pouco...

Enquanto inicia seu processo de cura, Celine pode acompanhar o desenrolar da ação de Kaboom, mesmo ferida, lutando contra os oponentes, carregando esferas e causando enormes explosões em mortes ao arremessá-las nos inimigos. A estratégia do corredor começa a funcionar, deixando os inimigos encurralados, exceto um: Tornado.

Tornado sorri, olhando para Vulpine e Harleen. Após uma longa gargalhada ele diz:

- Infelizmente, o mundo perderá uma beleza como a sua, gatinha. Felizmente o mundo perderá uma criatura como você, Lufadinha! Hahahahaha! Fiquei sabendo como era chamado por um Palhaço! Você é patético! Ser zombado por um palhaço!

Sem o menor remorso, Tornado dispara contra os dois, voando, a uma velocidade impressionante. Munido das facas que ceifaram a vida de Damiani, Tornado crava, cada uma delas, aos peitos de Vulpine e Harleen. Em poucos segundos, os dois que estavam ofegantes, acabam morrendo devido a precisão cirúrgica dos golpes do aerocinético argentino.

-Francamente! Antigamente vocês eram melhores! Se eu soubesse que vocês eram tão ridículos eu teria dado início na era de Fim antes!

Uma energia roxa envolve o corpo de Tornado. É Constructor, do alto de um prédio, visivelmente irritado.

-Como um verme como você ainda pode estar vivo!? Vai pagar por tudo que fez, seu mutantezinho de classe inferior!

Constructor começa a fechar a bolha de energia que detém Tornado, mas, antes que possa finalizar o seu tão esperado assassinato, Consructor é alvejado por um disparo estranho. Ele solta Tornado e cai. Em outro ponto surge um anão montado em um gigante. O anão carrega uma arma estranha. Trata-se de Armor Head.

-Canforas, sempre desprevenidos... Vocês podem ser fortes, cara, mas serão sempre uns imbecis!

Eagle Eyes é recuperada e inicia um plano mirabolante. Ela usa sua visão cirúrgica e consegue calcular o posicionamento de Magma, que não a vê, e a grande Caixa d’água do reservatório da cidade. Eagle calcula que derrubar com suas flechas a caixa, vai inundar boa parte da batalha, derrubando ou até matando soldados dos dois lados (inclusive Kaboom). Outras três caixas d’água residenciais também podem ser usadas da mesma forma, mas seu potencial menor acertaria um pequeno número de soldados, ainda dos dois lados.

Cenário 2 – São Paulo

As chegadas de Bosanski e Mega parecem estarrecer o mais velho Canfora, Don. Sagitário inicia uma batalha de um contra um com Bosanski, criando uma bela e multicolorida chama de seu braço esquerdo.
-Então, garoto de Dominic, vamos ver se você agüenta isso!

Sagitário lança sua chama, com Bosanski se defendendo com extrema perícia usando uma rajada de plasma de suas mãos. Os dois seguem uma estrondosa batalha, com movimentos similares, dando um espetáculo visual a parte.

Soldados se enfrentam no meio do cenário, com ligeira vantagem para o exército de Geo, que nada faz devido a natureza de seu poder.

Já Don dialoga com Mega:

-Que injustiça? Você não sabe o que está dizendo!

[b]-Não se faça de desentendido, Super herói! Vocês são super, mas o melhor sempre foi o Mega!

Analisando a situação, Tigre se desconcentra com o barulho intenso da guerra, ficando tão desnorteado que sua consciência corre sério perigo devido a imponente forma feral que habita seu ser. Confuso e lutando contra isto, ele consegue passar recomendações a seu pai, para que ele coordene alguns elementos da tropa disponibilizada para Tigre.

Yannick toma a forma de guepardo e decide entrar no cenário de batalha, usando toda sua velocidade aliada a sua nova técnica de não sofrer influencia do atrito do ar. Sua velocidade é impressionante, chegando a quase trezentos quilômetros por hora. Com um alvo objetivado, Yannick salta, mudando sua forma para a de Tigre e usando suas presas para cortar um soldado oponente. A potência de seu ato é tão avassaladora que ele não só atravessa o inimigo, ficando ensangüentado por toda a sua pelugem, como acaba com mais quatro adversários sem o menor esforço.

Uma mensagem chega telepaticamente a Yannick:

*Senhor, nós telepatas e ilusionistas não conseguimos fazer nada a estes dois. É como se eles estivessem alguma proteção mental, ou algum telepata poderoso estivesse os auxiliando...*

Junto da mensagem ele pode observar o corpo de Don tomando um aspecto elástico após um soco de Mega.

[b]Cenário 3 – Seattle


As chamas “veiculares” seguem seu destino até o corpo de Krisys. Com a perna praticamente inutilizada, Kiya só pode recorrer à sua visão em câmera lenta, analisando friamente suas chances de escape. Com a visão ela entende que a sua velocidade atual, embora drasticamente reduzida, ainda é maior que a evolução das chamas devido a sua ação de combustão. O mesmo não se aplica a rajada óptica de Pastor, ela calcula.

Krisys desvia então das chamas, propondo um novo desafio, muito bem pensado para alguém que costuma agir de forma tão rápida que seu raciocínio não consegue acompanhar. Correndo de um lado para o outro, se escondendo em locais de parca luz, a garota estimula a produção de adrenalina em seu corpo, amenizando o efeito da dor sobre sua perna direita, permitindo-lhe um ganho relevante na velocidade de sua movimentação. Com isso, ela consegue pegar pedras nos chãos e atirá-las, sem que cesse sua movimentação com os pés, se tornando praticamente invisível. Ela arremessa as pedras, ora em locais próximos, ora nos inimigos, trazendo a eles um sentimento de confusão. Isso faz com que os dois arremessem seus ataques, mas a esmo, nas direções onde os barulhos parecem surgir, colocando-os em situação de instabilidade, se separando.

-Apareça logo, gatinha. Vamos parar com esta brincadeira, ou vou queimar tudo ao meu redor!


Cenário 4 – Lisboa

Tremor é castigado por Metálica após sua última ação. Não conseguindo manter a inimiga a distância, Metálica se aproxima e acerta socos variados no padre:

-Onde está toda aquela falácia? Maldito arrogante!

Embora causem bastante dano, Tremor sente que os golpes de Metálica estão com potencial reduzido e ela possui um ar muito menos intimidador do que antes.

Spark se torna alvo de um soldado possuído por parte de Smog e tem que agir rapidamente para não se tornar uma peneira. Sabendo disso, Theo gera, de dentro pra fora de seu corpo, uma explosão elétrica de pequena escala, mas suficiente para repelir qualquer disparo vindo em sua direção. Para não ser alvo de mais nenhum disparo de Smog, Spark atira uma rajada elétrica no soldado, fazendo-o soltá-la com o efeito do choque.

Usando o máximo de sua velocidade (tonificando seus músculos), Spark gira seus braços. Sua velocidade é absurda, ultrapassando a velocidade do som, criando um tubo de ar com efeito de repuxo, suficiente para trazer Smog, em sua transformação de fumaça, para dentro desse tubo. Para que não ficasse preso ao tubo, Smog decide recuperar sua forma humanóide, colocando a si mesmo em grande perigo, exatamente como esperava Spark. Ao adquirir a forma humanóide, Smog se torna alvo de um potente descarregar de energia, eletrocutando-o com força suficiente para desmaiá-lo. Smog tomba no meio da batalha sem que ninguém perceba devido a quantidade enorme de soldados em batalha.

Ali perto, a garota do futuro Jinx passa por apuros, mas sem deixar que o desânimo seja capaz de abatê-la. Com uma resposta desaforada, ela age de maneira contundente, usando o corpo de sua arma para desferir um golpe em Fritz e empurrá-lo. Ganhando uma boa distância, Jinx efetua uma série de disparos, mirando a cabeça de Fritz. Os tiros acertam em cheio, transformando o rosto do senhor em uma massa disforme de carne perfurada, sem chance alguma de sobrevivência. Ao cair do corpo de Fritz, Jinx pode ver Spark, recém vitorioso de sua investida. Antes que possam comemorar, um homem, com capa tampando parte de sua face, aparece no meio dos dois. Vários soldados começam a cair com os corpos em frangalhos e Jinx e Spark se sentem fracos. O homem aponta na direção dos dois e logo, tanto Jinx como Spark começam a tossir, perdendo gradativamente suas forças.

Em outro ponto da batalha, Hagi se mostra habilidoso com seu sabre, mas encontra dificuldade contra duas cópias de Fantoche. Treze percebe isto e parte para o lado de Hagi, transformando o embate em um três contra um. A luta assim fica bastante equiparada, com golpes conjuntos muito interessantes em cada um dos lados.

Perto desta batalha, outra dupla está a lutar, uma antiga parceria, desde os primeiros passos do Inacam até a presidência de um Estado soberano: Bugarski e Titan. Os melhores amigos, embora travando uma batalha que está para definir o destino do mundo, parece se divertir com aquilo, lutando bravamente contra seus oponentes, enquanto trocam piadas e gargalhadas. Cada um dos dois melhores amigos atua de uma maneira diferente, com Titan propondo a batalha para seu oponente Alligator e Bugarski aceitando a proposta de batalha de Phobus.

Titan não mede esforços ao apresentar sua supremacia marcial, aplicando golpes precisos de karatê e socos de boxe avassaladores, capazes de gerar vácuo, sempre mirando pontos vitais de seres humanos. Nesta ação, Titan pode perceber que a pele de Alligator é uma camada espessa de algum material muito resistente, o que protege seus pontos vitais. Alligator acaba sofrendo alguns danos, mas nenhum que mereça destaque, contra atacando com um golpe violento de sua longa cauda, abaixando os braços de Titan e revelando-lhe a jugular. Alligator não perde tempo e crava seus dentes ali, usando força extraordinária enquanto tenta perfurar a couraça de Titan.

Bugarski repele todos os goles de Phobus, ora com esquiva, ora com socos magnetizados com tamanha energia que dissipa a quantidade de energia telecinética produzida por Phobus. O garoto finlandês vai ficando cada vez mais irritado, atacando com maior velocidade e potencia, mas com precisão cada vez menores. Para agravar o estado de Phobus, Bugarski sorri sarcasticamente a cada movimento em falso do ex-companheiro.

Em uma localização mais distante, Blood Ice e Gadget dialogam com Ohms, enquanto Fantoche observa, sem esboçar reação. Ohms escuta cada palavra dos garotos, mostrando um interesse agudo em cada uma das palavras proferidas. Ao final dos discursos, Ohms responde, devagar e sereno, com um ar de alegria:

-A teoria de vocês é romântica, diga-se de passagem. Uma sociedade igualitária... Já li isso em alguns lugares, já vi tentativas em outros, mas execução não, nunca vi. Vocês me propõe uma aliança,mas já fazem parte de um e deveriam considerar que várias outras já estão sendo executadas. Este mundo está carregado de homens que planejam com antecedência, capazes de se antecipar de maneira tão eficaz que é imperceptível até para as maiores mentes estes ensaios. Mas realmente, não dá pra nega que temos algo em comum: deter o avanço do apocalipse sonhado por Heitor. Acredito que ele seja capaz de se regenerar, mas, não enxergo meios pra isso. Sua Legião, mestre Peter, e seu entusiasmo, mestre Hugh, são maravilhosos, mas me mostrem como vamos parar com isso? Estes robôs são capazes de parar essa guerra? Mostre-me.

Ohms aponta para uma cena em especial: o embate de Fim e Suprema.

A terra treme por toda extensão do território de batalha e parte do solo começa a evaporar como água. Suprema não perde tempo e salta com um soco estrondoso contra o pai, que defende com um dos braços, aplicando um chute na altura das costelas da filha, defendida com se antebraço. Uma seqüência violenta e veloz de golpes é vista de uma maneira a espantar qualquer espectador.

-Você está pior do que quando tinha dez anos, Joana. Você deveria sentir vergonha de ser minha filha! Deve ser esse sangue humano sujo que habita em ti!

- Eu tenho vergonha pai! Bastante. Você tem sangue humano pai, ou acha que é filho de Gárgula pra ser puro? E não se esqueça de minha mãe. Se tem tanto nojo dos humanos, porque...

Fim pega sua filha pelo pescoço e voa com ela, seguindo de um rasante, arrastando a face da filha ao solo lisboeta, arrancando tudo o que toca até parar e jogá-la ao chão.

-Foi o maior erro da minha vida!!

Embora a potencialidade do golpe fosse capaz de matar bilhões de pessoas, Suprema levanta como se nada tivesse acontecido.


OBS:-As postagens devem ser efetuadas até as 19:00 hs de sexta-feira, dia 07-08
-No cenário 4 o jogador Gadget tem liberdade pra controlar a disposição de seus construtos e, assim como Blood Ice, pode atuar em qualquer uma das batalhas
-No mais, bom divertimento.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Titan
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 470
Data de inscrição : 11/08/2013
Idade : 28

Suprema Card
Nome Civil: Nero
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Qui Ago 06, 2015 11:20 am

Titan continua seu embate contra o inimigo que mostra ter uma pele mais resistente que o esperado

-Ai seu calango bebedor de whay pra que uma pele tão dura cara hauhauahua só queria te matar de uma forma menos sofrida.

Titan após receber um contra ataque de Alligator que deixa sua jugular exposta para uma mordida com tremenda força que tenta furar a pele de Titan.

Titan tenta segurar a boca do inimigo com o Maximo de força possível então tem uma idéia e começa a rir e falar com Jones

-HAHAHAHA ai Jones deixa eu te mostrar uma coisa que aprendi no meu treinamento mano uahauahuahu hoje você vai entender porque sou o escudo da nossa família

Então Titan fala com Alligator enquanto para de tentar impedir o inimigo de furar sua pele

-Esta se divertindo ai cara auahuaha eu espero que sim porque nossa luta vai terminar agora hhuahauhauhau.

Provavelmente sua mãe não te ensinou a não morder o que não pode mastigar não é mesmo hauhauahuahuaha

Titan usa sua habilidade de ficar invulnerável e enfia sua mao dentro da boca de Alligator o mais forte e fundo possível soltando seu soco inglês la dentro e segurando e puxando tudo o que puder de dentro da boca do inimigo,quando Titan puxar a mao,ele já aproveita para acertar com a outra mao o olho de Alligator.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Eagle Eyes
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 24/06/2014

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Qui Ago 06, 2015 10:54 pm

O ataque não cessa e após ser curada por Celine sigo tentando derrubar Magma, porém isso iria por em risco a vida de Kaboom e de alguns de nossos soldados e isso eu não farei.

Corro em direção a Esther lhe dando cobertura, até me por bem próxima a ela, então digo:

-Não quero que discuta comigo, mais agora pense um pouco em você e em Esther, deixe que eu tomo frente enquanto você se cura!

Sigo dando cobertura a Kaboom enquanto chamo Constructor pelo rádio:

<-Sr. Constructor retire Esther do meio disso e a leve até Celine, acho que você vai precisar ser forte o bastante para isso!>

Procuro observar toda a extensão da batalha para ver onde posso ajudar de forma efetiva.

_________________
Ficha Herói:
 


Imagem:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Spark
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 302
Data de inscrição : 30/11/2013

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Qui Ago 06, 2015 11:12 pm

-Sou foda, sou foda, sou foda!

Cantarolo enquanto o corpo de Smog cai no chão desmaiado, me viro a tempo de ver Jinx fazer um quadro de arte abstrata na cara de um dos vilões, então digoÇ

-Retiro o que disse garota, você é foda, eu sou fraco perto disso ai...

Quando surge o homem da capa vermelha então eu começo a me sentir enfraquecido.

-Jinx cof, cof... quero que você fique atrás de mim..cof, cof...

Então esperando que ela tenha compreendido meu plano, escondo uma de minhas mãos atrás do meu corpo, e concentrando as forças que me restam, acumulo eletricidade nessa mão esperando por um dos portais de Jinx que leve a minha mão até a nuca do mané que eu pretendo desmaiar...

_________________
Ficha Herói:
 


Imagem:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gadget
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 526
Data de inscrição : 18/08/2013
Idade : 29

Suprema Card
Nome Civil: Peter Heinz
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Sex Ago 07, 2015 7:45 am

Ohms fala sobre a regeneração de Heitor, o que me remete a uma lembrança

Lembrança:
 


Heitor chegou a aquele ponto depois de vivenciar coisas, durante a era de ouro dos Canforas ele deve ter sido um moleque problemático, sofrido diversas vezes por erros que a minha geração também comete ! O descaso dos Canforas com a luta que deveriam ter travado poderia ter mudado isso, mas há uma chance, em belo horizonte tivemos uma batalha que fez Fim adormecer e então despertar o Heitor, logo deduzi que ele sofre de um transtorno de dupla personalidade, Senhor Supremo e Fim podem ser detidos e transformados novamente em Heitor, sem inibirmos seu poder ou mesmo sem conflito direto. Juntamente com alguns amigos criei "O Olho" uma maquina potente capaz de elevar o poder de um telepata para que localize em qualquer lugar do mundo outro mutante, mas se nos unirmos, podemos elevar essa maquina para criar juntamente com um telepata especifico e de confiança um nível que possa remover Fim da mente do Heitor, eu venho pensando em Hagi, ele poderia ajudar nesta empreitada.

Com um comando envio novamente a Legião que está inerte para o resgate de vidas e remoção de humanos do local, criando uma área de isolamento onde a luta não atinja ninguém


O que me diz Ohms ? Quer dar uma nova chance a nova geração

* Como parar esta luta interminável ? *

_________________
ITENS:
 



A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Krisys
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 241
Data de inscrição : 24/06/2014
Idade : 20

Suprema Card
Nome Civil: Kisen Kiya
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Sex Ago 07, 2015 8:02 am

*Ótimo não estou sendo percebida*

Continuo com meu plano ate que eu consiga chegar a "porta dos fundos da cafeteria", lá arrebento a tubulação de gás e me equipo com algumas facas e coloco um pouco do gelo na minha atadura retornando ao plano, fazendo agora que as pedras acertem um carro para que um dos dois o exploda, então volto a arremessar pedrinhas direcionando um dos oponentes para dentro da cafeteria, ao jogar as facas do local contra eles provavelmente os atrairá para dentro do local, então é só fazer com que um deles use seus poderes e BOOM, seria perfeito se tivesse ajuda de Kaboom e Eagle Eyes, seria mais fácil fazer isso, acho que ainda não estou pronta para conflitos de tal magnitude.

*Mordam a Isca*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jinx
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 119
Data de inscrição : 11/08/2014
Idade : 19

Suprema Card
Nome Civil: Giovanna Marcelly
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Sex Ago 07, 2015 10:47 am

Ouço o "elogio" de Spark e dou uma risada abafada, era bom saber que pelo menos alguém mantinha o bom humor mesmo em uma situação daquela. Porém a alegria não dura muito, um homem misterioso aparece e me deixa mais fraca, como se tirasse a força do meu corpo.

*Sera que eles nunca acabam?*

Spark me da instruções nada específicas, mas eu duvidava que ele realmente queria que eu não agisse. Quando percebo ele canalizando energia compreendo seu plano. Arremessando dois discos, crio um portal a sua frente e uma saída nas costas do inimigo.

_________________
Mudei de novo sim! E se reclamar mudo outra vez <3:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kaboom
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 334
Data de inscrição : 16/08/2013

MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   Sex Ago 07, 2015 5:13 pm

A minha escolha se mostra a mais eficaz. Consigo ajudar o exército a se erguer e tomar terreno. Realmente, eu sou a melhor, Jones gostaria de ver isso, mas talvez não, eu sou melhor que ele nessa seara.

Eagle se aproxima e conversa comigo. Meu primeiro pensamento é dar um tapa ma cara dessa sem noção. Se eu não dou de algo, ninguém aqui vai dar, sou a melhor! Mas ela esta certa e confio nela. Sempre acreditei que ela tinha um perfil de liderança maior que o de Jinx, que também era boa líder. Eagle pode dar conta por mim:

-Certo, gata! Cuida daqui por mim, vou procurar Celine e já volto para detonar! Continue com a ofensiva!

-Vamos soldades de Teenimac! Vamos acabar com todos eles e reconstruir Teenimac!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: T4E19 - O Início da Grande Guerra   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
T4E19 - O Início da Grande Guerra
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Lutas da 4ª Grande Guerra Ninja (Conhecidas - Possíveis)
» [Depois da Quarta Grande Guerra Ninja] #2 Dois anos depois...
» T4E19 - O Início da Grande Guerra
» [Depois da Quarta Grande Guerra Ninja] #1 Um ano depois...
» Shinobi do Ano 2011

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Geração Suprema :: Geração Suprema - RPG :: 4° Temporada-
Ir para: