Antes da criação temos a Destruição.
 
PortalInícioRegistrar-seConectar-seFAQBuscar

Compartilhe | 
 

 T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Bugarski
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 637
Data de inscrição : 15/08/2013

Suprema Card
Nome Civil: Jones Statäinhoffen
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Dom Abr 05, 2015 9:07 pm

Missão de Infiltração – 08 de outubro de 2016,

20:00 hs, Belo Horizonte, MG


Tigre sente a ameaça com seu instinto felino. Homens descem em rapel quebrando os vidros da capela. Um entra acertando seu pé na face de Eagle, derrubando-a. Outro eletrocuta Nexus, colocando-o ao chão. Os outros seis apontam armas para Tigre e Suporte não parece ser percebido.

<Renda-se, fera! Quem sabe assim possa ser perdoado por Pzel!>

Ao lado da nave que a equipe chegara pousa uma pequena cápsula. Dentro dela está Damiani, imediatamente visto por Jinx. Hagi fala mentalmente com os dois:

*A equipe está atrasada. Conto com vocês dois pra resolver o problema. Boa sorte!*

Damiani e Jinx seguem até a portaria bem fortificada e vêem dos dois lados entradas. Uma vazia, com dois corpos ao chão e outra com dois guardas bem armados.


OBS: - As Postagens deverão ser efetuadas até as 17:00 hs, terça-feira, do dia 07-04, segundo o horário de Brasília.
-Jogam neste tópico os jogadores: Suporte, Tigre, Eagle Eyes, Nexus, Jinx e Damiani
Voltar ao Topo Ir em baixo
Damiani
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 309
Data de inscrição : 17/09/2013
Idade : 27

Suprema Card
Nome Civil: Evans Valladares
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Seg Abr 06, 2015 9:00 am

*Ok Hagi, deixe com a gente que vamos resolver.

- Jinx, vamos tentar resolver isso o mais rápido possível, pelos corpos no chão me parece que eles foram por aquele lado. vai por lá e tente acha-los, vou fazer uma bagunça aqui fora e te dar cobertura.

Sigo em frente em direção a entrada onde estão os guardas,

- Eii fiquei sabendo que aqui estava meio parado, vim trazer um pouco de diversão pra vocês.

Já sabendo que os guardas irão fazer disparos, tomo meu corpo com meus escudos e vou andando em direção aos guardas, assim que chego perto, manipulo suar armas e disparo na cabeça de ambos. destruo a entrada e rapidamente entro mantendo o escudo caso tenha mais guardas a meu encontro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tigre
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 93
Data de inscrição : 22/03/2015
Localização : Indeterminado

Suprema Card
Nome Civil:
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Seg Abr 06, 2015 8:52 pm

Enquanto me mantenho sobre o desmaiado, me viro e percebo as armas sendo miradas contra mim. Começo a ficar nervoso com isso, e a rosnar cada vez mais. Ouvia aquelas vozes, mas elas não pareciam fazer sentido algum para mim. Aos poucos, meu corpo vai se modificando também, enquanto deixo de ficar sob duas patas. Antes que os guardas pudessem ver o que acontece quando perco meu controle, começo a correr para longe deles.

Enquanto corro, meus pensamentos começam a se desordenar, minha passada vai, pouco a pouco, deixando de ser bípede. Minhas mãos se tornam patas, minha cabeça se animaliza, sinto as mudanças tomarem meu corpo e meu instinto tomar minha mente. Busco um canto escondido, para me manter protegido, enquanto estou em estado de fera. O problema de ter ficado assim? É que minhas ações e reações são as de um animal, simples. Não consigo entender o que os outros falam para mim, não consigo falar com ninguém, ou seja, perco tudo de humano que tenho. Por sorte, é um estado temporário, mas pra isso eu preciso me acalmar... Como me acalmar? De qualquer jeito, tento me esconder para não ser atacado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Eagle Eyes
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 24/06/2014

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Seg Abr 06, 2015 11:37 pm

Uma tremenda dor de cabeça faz com que eu não perceba que estou sob mira de uma arma, mau pude ver o meu atacante que me acertou em cheio, as coisas parecem girar ao meu redor, e a latente dor vem e vai sem parar.

Tento me concentrar no cenário, Nexus eletrocutado, embora não ache que isso o deterá, uma vez que ele é de borracha me preocupa, ele está muito desligado hoje, como se eu não estivesse também, suporte parece se safar dessa deixando somente Tigre, que parece prestes a estraçalhar seus oponentes, porém ele foge...

É hora de agir...

Aplico uma rasteira no meu oponente para não deixá-lo me deter em seguida disparo seis flechas, com a maior velocidade que consigo, contra as mãos dos inimigos que afugentam Tigre, visando derrubar suas armas e feri-los para que não as empunhem mais.

Salto para o lado para não ser atingida pelo meu oponente que a essa hora já deve estar querendo a minha cabeça disparo contra ele uma flecha explosiva para tirá-lo do jogo, espero que Suporte e Nexus tomem conta do homem restante...


_________________
Ficha Herói:
 


Imagem:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jinx
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 119
Data de inscrição : 11/08/2014
Idade : 19

Suprema Card
Nome Civil: Giovanna Marcelly
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Ter Abr 07, 2015 12:25 am

Chego atrasada na missão, somente para variar um pouco. Por sorte, ou talvez azar, não sou a única que não sabe configurar o horário de Verão. Não demora muito até que Damiani chegue e sem nenhuma novidade, sou instruída a ir no caminho "mais seguro".

*Chutar bundas? Que isso, eu odeio chutar bundas.*

Meu recém-chegado aliado parte contra os dois guardas armados e perigosos, me deixando sozinha para seguir no caminho sem qualquer defesa decente.

-Olha, nós dois temos definições de "dar cobertura" muito diferentes meu amigo.

Como se ainda tivesse alguma escolha, procuro nos corpos por qualquer coisa útil e pego minha arma. Poderia simplesmente arrombar a entrada com minha metralhadora, mas simplesmente uso portais para ir para cima do portão e com outros dois, pousar em segurança do outro lado. Seguro minha arma com as duas mãos, mirando para frente, com o dedo preparado no gatilho e os olhos atentos a qualquer sinal de ataque.

_________________
Mudei de novo sim! E se reclamar mudo outra vez <3:
 


Última edição por Jinx em Ter Abr 07, 2015 12:01 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Suporte
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 296
Data de inscrição : 11/10/2013

Suprema Card
Nome Civil: John Mycroft
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Ter Abr 07, 2015 11:04 am

Armas que miram, ameaçam as pessoas que aqui estão visíveis. Em minha percepção, eu acho que esses armamentos teriam, no minimo, demasiada escassez de tecnologia para que eu pudesse sentir ou mesmo, fazer algo a respeito disso. Me mantendo, inicialmente, em uma tentativa de ser um observador analítico dos arredores, certamente não é difícil encarar conclusões enquanto viso me manter em minha posição, aparentemente, despercebida.
* Primeiramente, a evidência da falta de câmeras em seu sistema. Uma rede que posso, audaciosamente, chamar de precária e talvez, má trabalhada ou investida. Essa suposição leva a acreditar que nossos oponentes estão aprendendo com seus erros. Considerando, obviamente, a ultima operação dessa natureza aonde as câmeras executaram um papel fundamental. Isso, em conjunto da realidade de nosso atraso inicial, deve está colocando a integridade da missão em risco. As informações devem ser recuperadas, é uma questão de prioridades. Nada mais, nada menos.*
Com esse pensamento, minha expressão de seriedade e frieza fecharia seus olhos por um instante. E, no escuro da visão, buscaria concentrar sua mente em um único e passageiro objetivo: Tentar lançar feromônios que causassem sonolência nos inimigos próximos. Na esperança que, esse ato, permite maiores aberturas e melhor reação vinda dos demais. Importante salientar que a totalidade desse processo visava ser feita enquanto eu não sairia de minha posição original privilegiada.
Abrindo os olhos, eu tinha ciência que não poderia auxiliar mais estrategicamente. Escolhendo, então, visaria ativar a camuflagem do traje. E, em seguida, com passos discretos e cautelosos, tento ir em direção a porta que, aparentemente, poderia me levar aos fundos e entrar na mesma.
No processo, busco sempre ter cuidado para camuflar minha presença em qualquer via tecnologia que eu, potencialmente, possa encontrar no caminho.
Observação ao Mestre: Não desejo ser critico. Porém, acredito que por erro meu, não consegui ver a mensagem capitada no fim do ultimo episódio. Mais especificamente, a mensagem próxima ao altar. O que, por sua vez, prejudicou o desenvolvimento desta mensagem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bugarski
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 637
Data de inscrição : 15/08/2013

Suprema Card
Nome Civil: Jones Statäinhoffen
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Ter Abr 07, 2015 7:13 pm

Missão de Infiltração – 08 de outubro de 2016,

20:00 hs, Belo Horizonte, MG


Damiani e Jinx seguem até o prédio onde se encontra a equipe de infiltradores enviada por Teenimac. Os dois não encontram dificuldades no trajeto, já que a capital mineira se tornou uma terra de reféns domiciliares.

Tigre se mostra mais animalesco, perdendo sua movimentação bípede. É nítido o medo nos seus olhos e como ele se comporta como uma fera encurralada, fugindo para os cantos enquanto os inimigos atiram. Quando ele se encontra numa posição onde não será capaz de fugir, Eagle Eyes atua brilhantemente.

A garota aplica uma rasteira em seu inimigo mais próximo, mostrando capacidade de reação.Ela retira seis flechas de sua aljava e atira contra os oponentes de Tigre, inutilizando os braços deles. Sem sequer olhar para o lado, ela usa uma de suas flechas explosivas contra o oponente que derrubara. A explosão arranca a cabeça do inimigo acertando no pescoço e dividindo-a do corpo.

Já na frente do prédio, Damiani investe contra a entrada em que se encontram dois guardas armados. Ele pede a Jinx para seguir enquanto ele chama a atenção para a missão ser bem sucedida. O telecinético faz isso com louvor, manipulando as armas dos guardas e apontando para a cabeça dos dois e puxando o gatilho. O som dos tiros é escutado por toda a rua e só não é pior que o barulho da explosão da portaria, provocada pelo mesmo telecinético inglês, colocando a parede lateral abaixo.

Jinx não gosta muito do que o telecinetico diz, mas segue plano, conjurando seus discos em forma de portais e entrando suavemente na capela. Ela pode sentir uma leve sonolência, assim como os demais. Procurando o que lhe dava sono ela pode ver Suporte ativando seu modo de camuflagem do traje e entrando em uma sala ao lado de um altar religioso, tipicamente católico.

Com a fuzarca criada pela entrada triunfal de Damiani, somado aos sons de tiros, surgem por todos os lados da capela inquisidores fortemente armados, atirando sem parar. Damiani forja escudos de energia cinética defendendo o grupo. Assim Tigre tem espaço para reação. Os tiros não cessam e os escudos de Damiani começam a cansar o manipulador, um tanto enferrujado das batalhas.

Suporte está dentro da sala, em um local mais escuro e não pode ser visto pela sua camuflagem. Ele pode ver inúmeros documentos em papel datilografado. Os homens que estavam lá dentro(dos quais ele conseguira discernir palavras anteriormente) partem armados para a capela.


OBS: - As Postagens deverão ser efetuadas até as 17:00 hs, quarta-feira, do dia 08-04, segundo o horário de Brasília.
-Jogam neste tópico os jogadores: Suporte, Tigre, Eagle Eyes, Nexus, Jinx e Damiani
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tigre
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 93
Data de inscrição : 22/03/2015
Localização : Indeterminado

Suprema Card
Nome Civil:
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Ter Abr 07, 2015 11:28 pm

Sigo acuado, ainda em estado animal, olhando para tudo o que estava acontecendo. Percebendo estar sem saída, me viro para os atiradores e começo a rosnar e mover ameaçadoramente minha cauda. Percebo que as balas ressalvam, mas o som delas me incomoda muito. Cada disparo é um estrondo em meus ouvidos, o que não me ajuda em nada a tentar voltar a meu estado humanoide. Só que, de repente, começo a me sentir meio cansado, com sono... Não podia dormir naquele instante. E os disparos continuavam a me incomodar, mas eu precisava fazer algo. Eis que, abaixando minhas orelhas, fecho meus olhos e tento me concentrar. Mentalmente, se fosse possível transcrever, seria possível ver uma luta intensa, entre o animal e o outro animal. Um dos animais seria minha forma completa de tigre, o outro minha forma humanoide.

Conseguindo me recuperar um pouco, recuo um pouco minha forma animal, mas ainda ficando sem conseguir falar e entendendo muito pouco o que dizem, mas conseguindo ter uma noção mínima. Olho para os lados, procurando algum lugar onde pudesse evitar os disparos sem ter que ficar me esquivando, e a solução era tentar usar aquela vantagem das balas não estarem me acertando - por algo que não compreendia o que era - e atacar o máximo que pudesse. Ferozmente, avançarei na direção de alguns, para tentar desmaia-los ou algo do tipo. Mas precisava tomar muito cuidado para não ser atingido. Era quase impossível perceber de onde vinham as balas, os disparos eram constantes e aquilo me incomodava, deixando minha audição quase inútil. Basicamente, era hora de pôr meu instinto à prova.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Damiani
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 309
Data de inscrição : 17/09/2013
Idade : 27

Suprema Card
Nome Civil: Evans Valladares
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Qua Abr 08, 2015 9:38 am

- HEHE eu acho que fui digamos, um pouco descuidado rsrs ? Mas confesso que estava com saudades disso.

Eis que me chegam mais inimigos, as coisas começam a se complicar e eu não estou lá no meu primor físico e mental, ter ficado fora das missões trás um pouco de desvantagem mas mesmo assim a experiencia ainda é a mesma.

* Meus escudos protegem o grupo mas isso não vai aguentar muito, tenho e preciso atacar... Já sei!!

Aproveitando o escudo fazendo ela deixar de estar estativa, aproveitando a força telecinética que ela impõe, a faço explodir em nossos inimigos. Aproveitando do atordoamento tendo desarma-los e assim facilitar a ação dos demais.

** EII HAGI, Você nos mandou aqui para resolver o problema porem esqueceu de dizer qual era o problema, não para de chegar ratos aqui ou quebramos tudo ou recuamos. Fala o objetivo da missão que vamos dar um jeito de completa-la e sair daqui.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Eagle Eyes
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 24/06/2014

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Qua Abr 08, 2015 11:27 am

Consigo deter alguns atacantes, e então escuto a chegada discreta de Damiani e Jinx.

-Damiani qual parte do entrar sem ser notado você não entendeu?

Olho para Jinx e digo a ela:

-Amiga tire-nos daqui, Tigre está sofrendo com os barulhos, e em seguida acione a camuflagem de seu uniforme. Temos que acabar com os Inquisidores.

Espero ser levada a outro ponto (seguro), por Jinx, e la de cima começo a disparar uma sequência de três flechas explosivas contra o meio dos inquisidores que chegam após o ataque de Damiani.

_________________
Ficha Herói:
 


Imagem:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Suporte
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 296
Data de inscrição : 11/10/2013

Suprema Card
Nome Civil: John Mycroft
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Qua Abr 08, 2015 11:59 am

A escuridão me abrange, auxiliando a camuflagem simulada pelo meu traje. Eu apenas esculto o silêncio, vezes arruinado pelas sombras de som exterior que clama e admite sua violência e ignorância para a natureza dessa missão. Porém, não posso culpa - lós. Enquanto estou aqui, estudando a quantidade considerável de informações que devem repousar nesses papeis, alguém ou alguma coisa precisa servir como fator de distração.
Talvez, eu esteja sendo insensível ou egoísta. Por quando, ainda ando lentamente e cautelosamente por essa sala. Eu confio plenamente que as capacidades dos demais elementos da equação serão capazes de sobreviver a esse embate sem danos a longo prazo. Uma suposição que, infelizmente, não pode ser devidamente aplicada na real prioridade desta missão e xadrez. Ou pelo menos, essa é minha teoria.
Com um olhar objetivo, viso olhar os papéis perante meus olhos. Assistindo a tinta e outras substâncias que devem ter montado as letras e conjuntos de palavras, agora existentes, nessa ditografia. Cuidadosamente, busco com meus dedos metálicos, segurar um papel qualquer que eu achar primeiro, em uma tentativa inicial de entender, por uma amostra, como seria a organização de suas informações e do que exatamente trataria - se as palavras em minha frente.
* Curioso. Usarem maquinas de escrever, é algo incomum nesses dias. Isso mostra o, possível, cautela que estão tendo com seus conhecimentos internos. Uma prática clássica, inviável de ser invadida ou localizada pelos meios tecnológicos da atualidade. Tática inteligente. Entretanto, longe de ser invencível. É apenas uma questão de ter ciência do método que melhor seria aplicado na situação geral. Ainda que, devido ao que eu ouvi anteriormente nas comunicações, acho seguro deduzir que isso perante a mim seja ligado ao nosso objetivo. Em outras palavras, ao que me convém.*
Ainda com o intuito de continuar utilizando a camuflagem. Porém, cauteloso com o tempo que a mesma deve permanecer ativa. Decido, objetivamente, tentar um plano de ação. Com passos silenciosos, procuro achar uma posição que me permite ter uma visualização melhor da totalidade da sala e seus papéis. Em seguida, com foco, visaria entrar em minha Cyber Mente. Aproveitando - me, teoricamente, do relativismo do tempo presente na mesma, tentaria colocar meus olhos como se fosse um motor de busca de um computador ou sistema. Sempre tentaria ficar atento em apenas localizar nomes e termos das informações que, teoricamente, devemos recuperar. Bem, como segunda rotina, tentaria programar meus olhos para buscaram os nomes dos membros da All Star e de Metálica em conjunto de seus aliados.
* É uma questão de prioridades.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nexus
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 161
Data de inscrição : 26/06/2014
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Qua Abr 08, 2015 4:49 pm

Fico parado durante algum tempo e acabo recebendo vários golpes. Fico furioso e giro meu braço tentando acertar o homem que me eletrocutou em um gancho de direita, com toda minha força.

Começaria a quebrar tudo e todos que visse em minha frente, com socos e chutes elásticos. Tentaria fazer a maior confusão possível para manter a atenção dos malditos guardas em mim, assim os outros poderiam se infiltrar e terminar a missão mais rápido.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jinx
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 119
Data de inscrição : 11/08/2014
Idade : 19

Suprema Card
Nome Civil: Giovanna Marcelly
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Qua Abr 08, 2015 5:35 pm

Mal entro na fortaleza e já sou abordada por Eagle Eyes, que me "pede" para tirá-los de lá.

-Como quiser, minha ama.

Com um dos meus discos, abro um portal na nossa frente para levar até o teto da sala que Suporte acabara de entrar. Com um sinal de mão, digo para os dois entrarem e fecho a passagem.

-Encontro com vocês depois. Tenho que fazer algo agora.


Procuro por uma maneira de ativar o modo de camuflagem.

*Qual é, eu nem sabia que isso existia.*


Apenas depois de conseguir, entraria naquela espécie de igreja, seguindo Suporte.

_________________
Mudei de novo sim! E se reclamar mudo outra vez <3:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bugarski
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 637
Data de inscrição : 15/08/2013

Suprema Card
Nome Civil: Jones Statäinhoffen
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Qua Abr 08, 2015 7:33 pm

Missão de Infiltração – 08 de outubro de 2016,

20:15 hs, Belo Horizonte, MG


Dentro do prédio as coisas ficam tensas. Tigre começa a se recuperar, ainda sem mostrar o lado mais consciente de seu ser. Ele avança contra dois inimigos e quase é alvejado. Só não o é graças a telecinesia poderosa de Damiani que reverte seus escudos, atordoando todos os que estão fora do círculo de sua proteção. O garoto inglês ainda usa sua telecinesia, desarmado os inimigos tornando tudo bem mais fácil. Assim, Tigre acaba por acertar os oponentes, acertando suas patas pesadas nas jugulares dos dois, desmaiando-os.

Enquanto Eagle e Jinx maquinam um plano, Nexus acorda irritadiço. Ele estica seu braço e o gira em busca do homem que o eletrocutara, acertando-o e desmaiando-o imediatamente. Ainda sob posse de sua pira, Nexus começa a esticar seus braços e pernas, acertando as imagens, os bancos de madeira e vários inimigos, instaurando o caos na localidade.

Com o ato a ação de Jinx é fácil. Ela conjura um portal e Eagle Eyes entra. O que a jovem Letícia não esperava era que a comunicação falha o colocasse em outro lugar: a sala onde Suporte está. Munida de três flechas explosivas ela desce, quase atirando contra Suporte, o único que está na sala. Ela pode ver o garoto concentrado em um ângulo favorável, vasculhando documentos com sua Cyber mente e os guardando em um espaço livre em sua mente. Ele consegue priorizar a busca encontrando fichas com os nomes de Larissa Pag, Jones Statainhoffen e John Mycroft, sem se atentar a seu conteúdo, apenas salvando em sua mente.

De volta a capela, Jinx tem dificuldade em achar um botão em seu uniforme, ativando o modo de camuflagem. Ao fazê-lo, ela entra no portal e o fecha. Se deparando com Eagle e Suporte numa sala diferente, lotada de documentos em pilhas.

Na capela a situação parece sobre controle mas logo tudo fica diferente. Apenas uma criatura desce do teto, quebrando-o. Não é possível distinguir quem ou o que é a criatura, devido as vestimentas que cobrem-lhe o corpo. Uma voz indecifrável e andrógina ecoa:

-Damiani, ex-aluno da Generation Hope e Inacam, está na lista. Nexus, experiência mal sucedida, ex-aluno do Inacam, também na lista. Mas que é esse mascote do sucrilhos, não consta nos dados...

A figura não ataca, mas é de alguma maneira imponente.


OBS: - As Postagens deverão ser efetuadas até as 20:00 hs, quinta-feira, do dia 09-04, segundo o horário de Brasília.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Suporte
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 296
Data de inscrição : 11/10/2013

Suprema Card
Nome Civil: John Mycroft
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Qui Abr 09, 2015 11:39 am

Nomes e mais nomes. Palavras eu vejo em meus pensamentos, sem piedade entrando sucessivamente em minha cabeça. Não muito diferente de um computador empírico, administrando e guardando seus dados dentro de sua própria sistemática fria e sem vida.  Isso sou eu, no momento do agora vivendo em uma face nula de emoção ou sentimento. Eu estou apenas recebendo informações e fazendo minha função nesta equação.
Não era nada de mais, até que designações surgiram perante meus olhos priorizantes, um par de sobrenomes eram capazes de me arrancar de maneira fugaz me arrancar para o passado. Um desses sobrenomes, inclusive, era o meu próprio. Porém, qualquer que fosse a reação humana que deveria existir nesse instante, foi colocada em segunda plano por uma lógica e frieza que honraria os vulcanos.
O processo era extenso em minha percepção individual e temporal. Entretanto, era fisicamente algo finito por causalidade. Em algum intervalo deveria encerrar e isso realmente pareceu ocorrer para mim. Devido ao relativismo do tempo, teoricamente, eu não sei por exatidão informar quantos segundos ou até minutos eu possa ter demorado para perceber que eu não estou mais em solidão nesse local. Haveria de existir pessoas aqui.
Timidamente, moveria meus olhos para notar as duas garotas que, ao meu ver, estavam na mesma sala. Alguns microssegundos morreram antes que eu pudesse lembrar que, por educação, seria adequado eu oferecer alguma resposta de minha ausência anterior. Com um corpo recuado, meus lábios, fracamente e em um volume precário, começariam a trabalhar em uma fala satisfatória:
  - Acho que devo me justificar por não ter sido um elemento presente na batalha recente. Bem, se me permitem, eu achei que seria aconselhável eu me aproveitar da discrição para alcançar o objetivo da operação. Ou seja, os papéis a sua frente, são informações sobre os mutantes. Acredito ter completado o objetivo dessa missão. E, recomendo as mesmas eliminarem, eventualmente, essas folhas da equação. Devido a maneira de como, suponho, que devem ter sido escritas, a possibilidade de existirem copias exatas é baixa.   - Digo, com o meu tom fraco habitual e banal. Entretanto, com um respeito e educação evidentes.
Discretamente, busco recuar para um canto reservado do local. Com passos calmos, irei escolher uma posição que me permite-se ficar o mais concentrado possível. Em seguida, primeiramente, eu buscaria mergulhar em minha Cyber Mente. Visando, achar entre tanta informação que devo ter salvado, as fichas de Larissa e Kim Pag. Bem, como a minha própria e a do telepata da All Star. Esse ultimo, tentaria apenas ver rapidamente, procurando o motivo de sua telepatia não funcionar nessa instalação.
Porém, com os outros nomes (O meu próprio, o de Kim e Metallica) eu visaria, um pouco hesitante e apreensivo, ler a totalidade de suas fichas e informações.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Eagle Eyes
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 24/06/2014

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Qui Abr 09, 2015 12:04 pm

Escuto as palavras de John, o que é raro, e vejo que ele está totalmente certo. Então sigo até as pilhas de documentos e afinco as minhas três flechas explosivas, de controle remoto.

-Acho por bem nos mantermos camuflados John, vamos encontrar os outros e sair logo daqui.

Espero ate que todos saiam da sala e estarmos em segurança pra acionar os explosivos, e então procuro pelos outros.

_________________
Ficha Herói:
 


Imagem:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Damiani
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 309
Data de inscrição : 17/09/2013
Idade : 27

Suprema Card
Nome Civil: Evans Valladares
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Qui Abr 09, 2015 2:04 pm

Tudo ainda esta tranquilo, estou junto do esquentado do Nexus e um Felino que não conheço * Parece que fiquei bastante tempo fora*. Eis que surge do nada uma criatura do teto.

-PORRA que susto!!

* Que tipo de criatura é essa? e pelo que parece nos conhece muito bem. detesto isso. como ele me conhece se eu não o conheço, vou saber quem é esse cara nem que seja a força.

Olho para a criatura com um leve sorriso e um ar de confiança fora do normal e digo.

- Me parece que vc nos conhece muito bem, primeiro. quem é você, segundo como nos conhece e terceiro vai depender se vc vai responder as minhas perguntas ou não.

- Ei Nexus, não faça nada estupido. isso serve pra você também novato e tomem cuidado.

Me mantenho atento aos movimentos do novo inimigo case se faça necessário me desvio e ajudo os garotos a fazerem o mesmo.

* PORRA Hagi, você não responde, vou colocar isso tudo pra baixo, assim que encontrar os outros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tigre
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 93
Data de inscrição : 22/03/2015
Localização : Indeterminado

Suprema Card
Nome Civil:
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Qui Abr 09, 2015 6:13 pm

Quase fui baleado... Eu ouvi muito os sons dos disparos, sei que quase fui atingido, pois percebi o baque da bala em algum lugar e vi as cápsulas no chão. Não que eu conhecesse aquilo mas, se estava caindo, o que se conclui?

Pois bem, percebi que havia conseguido desmaiar dois, mas um novo indivíduo havia surgido. Por não atacar, tive a oportunidade de voltar mais a mim - embora ainda muito alterado e numa forma quase completa de tigre, ainda com o corpo em formato totalmente animal. Encaro o estranho e começo a rosnar, mostrando minhas presas e me colocando em posição de ataque. Baixo minhas orelhas e arrepio meu pelo - movimento natural de ataque. Quem olha de fora, não imagina que ali está um tigre humanoide. Só que agora estou um pouco mais consciente e mais racional, e pronto para me esquivar no caso de uma movimentação anormal (ou que meu instinto interprete como anormal).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bugarski
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 637
Data de inscrição : 15/08/2013

Suprema Card
Nome Civil: Jones Statäinhoffen
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Qui Abr 09, 2015 9:10 pm

Missão de Infiltração – 08 de outubro de 2016,

20:20 hs, Belo Horizonte, MG


Suporte armazena as informações e enxerga as duas companheiras na sala. Timidamente ele conversa com as garotas dando uma diretriz que certamente irá agradar ao líder de Teenimac: acabar com os documentos que continham as informações dos mutantes. Ele então se posiciona mais distantes, absorto em sua mente, pesquisando as fichas com seu nome, de Larissa Pag e de Jones Statainhoffen, o presidente magnetocinético de Teenimac. Apreensivo, ele acaba por descobrir que os documentos revelam partes da vida de cada um, tais como a irmandade de Larissa com sua querida Kim;e a morte estranha dos pais de Suporte na biblioteca.

Na capela a figura que chega é interpelada por Damiani enquanto Tigre rosna e mostra suas presas, com a cabeça baixa, em claro sinal de intimidação. Seu senso felino consegue detectar algo imperceptível para os sentidos humanos: a figura é dotada de um poder muito maior que o seu e o de qualquer ali presente. Há uma espécie de aura demoníaca na criatura indefinível. A figura então responde a Damiani.

-Meu nome é Pzel e sou a purificação! Deus me enviou para trazer a paz, limpar a terra dos impuros e construir o paraíso terrestre! Conheço os impuros pelo rastro fétido e demoníaco que deixam por onde passam e claro, sei os seus nomes pois são famosos, além de ter roubado dados de vocês no Inacam.

Na sala Eagle coloca seus explosivos e ajuda a todos a saírem pela porta, inclusive tendo que empurrar sua amiga amiga Jinx. Eles deparam com a figura estranha no centro da capela destruída por Nexus. Camuflados eles não são vistos e assim Leticia aciona os explosivos, detonando tudo que há na sala. A figura se volta a eles:

-Mais três! Suporte, Eagle Eyes e Jinx, todos ex-alunos do Inacam! Hoje não era a data para a morte de vocês, faltam poucos meses, mas acho que Deus não vai se importar com uma prévia do expurgo!

Sem se mover do lugar, a criatura começa a fazer os escombros girarem por seu corpo. Não dá pra discernir exatamente como aquilo acontece, mas dá pra sentir que a energia é forte. Damiani, Nexus e Tigre estão bem próximos a portaria destruída por Evans.

OBS: - As Postagens deverão ser efetuadas até as 21:00 hs, sexta-feira, do dia 10-04, segundo o horário de Brasília.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Eagle Eyes
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 24/06/2014

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Sex Abr 10, 2015 12:14 pm

Nossa camuflagem funciona até sairmos da sala e a explosão ser feita.

Um ser com um ar misterioso nos diz nomes o que não é nada anormal, afinal estamos aqui porque nossas informações foram roubadas, porém o poder que ele exibe é fantástico.

*-Qual é o problema em ser do bem, que os seres mais fortes tendem a tentar nos matar???*

Penso em sair o mais rápido que puder dali, mais não sei bem como.

Disparo uma flecha de fumaça na direção dele para que abra uma brecha para ataques da equipe.

_________________
Ficha Herói:
 


Imagem:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tigre
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 93
Data de inscrição : 22/03/2015
Localização : Indeterminado

Suprema Card
Nome Civil:
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Sex Abr 10, 2015 5:45 pm

Sigo encarando o cara, que, sinceramente, me dá medo. Tem algo nele que não me faz bem, que me faz sentir enojado. Não quero lutar contra esse cara, sinceramente ele me dá arrepios. Uma virtude de você ser um felino predador é que - novamente falando - sabe que, as vezes, a presa é inalcançável, e caçá-la não é uma boa. Conforme ia recuperando minha consciência, já conseguia falar um pouco melhor e entender o que falavam. Balbucio algumas palavras, sem ter certeza que alguém tenha me ouvido, falando rosnadamente.

- Vocêrrr... Demoniorrr... - digo, o encarando, um pouco assustado pelo que estava sentindo.

É fato de que não é possível encará-lo, mas um ataque direto poderia nos atrapalhar também. Então, de uma coisa tenho certeza: Se algum aliado ameaçar atacar, eu terei que deter, nem que eu explique depois o que senti naquele cara. Depois? Fugir, é claro. Correr o máximo que puder, evitar esse cara.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jinx
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 119
Data de inscrição : 11/08/2014
Idade : 19

Suprema Card
Nome Civil: Giovanna Marcelly
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Sex Abr 10, 2015 6:25 pm

Aparentemente minha definição de "lugar seguro" não é muito boa, já que quando tento ajudar, acabo levando Eagle Eyes para uma capela com um ser que pode controlar quilos de escombros sem nem seque mexer um dedo.

*Estou começando a odiar um certo Damiani.*

Vejo as pedras voando e de repente tenho uma ideia completamente louca, ou seja, um ideia exatamente igual a todas as outras que eu já tive em toda a minha vida, que eu me lembre. Jogo três discos na direção dos escombros, para criar portais e teleportar os objetos para logo acima do homem. Minha ideia era que quando saíssem brevemente do campo de visão dele, não poderia mais controlar, mesmo que por um segundo. Apenas o suficiente para atingi-lo na cabeça.

_________________
Mudei de novo sim! E se reclamar mudo outra vez <3:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nexus
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 161
Data de inscrição : 26/06/2014
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Sex Abr 10, 2015 7:02 pm

Depois de quebrar quase tudo, uma criatura estranha aparece. Ela diz ser a purificação ou algo assim, mas é claro que não acreditei. Como sempre, era apenas um mutante, fazendo uso dos seus poderes e considerando seus semelhantes como pecado. Tento desviar dos escombros e fugir para fora do local. Não sei do que se tratava, mas em um lugar com muitos destroços a criatura estava na vantagem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Suporte
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 296
Data de inscrição : 11/10/2013

Suprema Card
Nome Civil: John Mycroft
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Sex Abr 10, 2015 7:23 pm

Enquanto saio pela porta, com passos rápidos e, quase certamente, camuflados pela camuflagem de meu próprio traje. Ou era isso que, em premissa, deveria ser concluído empiricamente e logicamente falando. Entretanto, essa conclusão teórica se distância indiretamente da realidade que se prova em palavras de um potencial inimigo. Em tese, eu deveria está invisível a percepção visível da totalidade. Mas, esse individuo parece ter ciência de minha presença nesse canto e nesse momento. Haveria muitas explicações hipotipóticas para isso e ainda sim, nenhuma delas tem espaço para se formar em meus pensamentos.
A explosão que ouvi a alguns instantes atrás era um imperativo em minha cabeça. Seu som quebrado. A confusão sensorial que devia fugazmente forma - se em meus ouvidos próximos. Eu estava parado, suficiente distante da zona de perigo. Por quando, capacitado para ouvir a causalidade e barulho causado pelos explosivos detonados. E, por um segundo apenas, aquilo arrastou - me para as lembranças destrutivas de meu passado: Mais especificamente, o som da insanidade que ocorreu na biblioteca e o seu vidro, misteriosamente, pisado e quebrado.
No processo, embora, minha face não demostrava qualquer sinal que não fosse introspectividade em sua totalidade. E, quaisquer que fosse o sentimento que eu deveria sentir nessas recordações fugazes, se perdeu quando um fator exterior arruinou essa equação. O poder, eu estava diante do poder como já aconteceu algumas vezes em meu histórico.
Eu não dei o gosto de demonstrar representativo o medo ou qualquer reação similar. Eu, só sentia a energia que parecia, não visivelmente para mim, existir aqui. Pressionando metaforicamente meu ar e sussurrando para meus ossos fugirem. E, eu acredito que, por mínimos instantes essa ideia foi realmente considerada em minha cabeça. Porém, como minha pessoa já teve a experiência de passar por cenários como esses, eu aprendi que a covardia, assim como a possibilidade de ofensiva irracional, não é uma opção nessa expressão.
* Qualquer individuo com bom senso, tem a sabedoria de quando deve recuar para manter sua integridade e auto - preservação. Não estou preparado para enfrentar um inimigo desse, aparente, nível. Concluindo racionalmente, favorece - nós uma retirada. Mantendo nossas vidas, reduzindo a possibilidade de ferimentos e permitindo uma melhor analise do que exatamente nós poderia aguardar no futuro. Em suas próprias palavras, suponho que o oponente já deve ter planejado algo para a eventualidade. Não a razão para forçamos essa realização negativa por meios imprudentes. Em termos práticos, distração é a chave.*      
Com isso, analiticamente e objetivo em meu olhar, viso, ainda camuflado, analisar com meus olhos e velocidade de processamento, teórico, de minha Cyber Mente, calcular os disparos necessários para derrubar as estruturas próximas a figura opositora. Nesse curso de ação, tento fazer, com meus disparos calculados, tentaria fragilizar, com os disparos potentes, o chão pisado, especificamente, por esse adversário.
Na esperança de causar distração e a possibilidade de eliminar um pouco dessa base, terminaria visando recuar e fugir pela saída mais próxima. Tentaria, utilizar - me da camuflagem restante do traje, para sair sem ser notado por efeitos exteriores.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bugarski
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 637
Data de inscrição : 15/08/2013

Suprema Card
Nome Civil: Jones Statäinhoffen
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   Dom Abr 12, 2015 9:33 pm

Missão de Infiltração – 08 de outubro de 2016,

20:25 hs, Belo Horizonte, MG


Pzel mostra seu poder absurdo que nem Damiani entender, já que aquilo não se trata de telecinesia propriamente dita.

A ação generalizada, devido ao entendimento de uma força catastrófica, baseia-se em fuga. A primeira a agir é Jinx, criando portais jogando escombros na cabeça da criatura. O ato muito comumente eficaz da garota esbarra em outro problema que afeta Damiani diretamente. Os portais conjurados da garota do futuro não ficam estáticos como de costume mas sim, começam a girar junto aos escombros. Com este movimento Damiani é acertado em seu peito com alguns escombros, deixando-o em estado lastimável.

Nexus não perde tempo e se esquiva elasticamente dos escombros saindo pela primeira brecha que encontra e correndo de encontro a nave que os deixara na localidade. Eagle Eyes e Suporte tomam outra atitude, muito mais heróica. Suporte atira contra os escombros, eliminando um pouco do poder de fogo adversário. Eagle atira uma flecha de fumaça, camuflando a todos para uma possível fuga. Tigre entende a gravidade da situação antes de qualquer um devido a seu instinto. O problema é que o felino não consegue conter o ímpeto de mutantes mais experientes que ele e assim segue em fuga desenfreada até a Canário. A esta fuga seguem Suporte e Eagle Eyes, ficando lá dentro Jinx e Damiani.

Pzel cessa sua demonstração e diz aos dois:

-Vivam por mais um dia, pobres almas! O dia do expurgo chegará e serão exterminados junto a toda a escória a qual pertencem. Avisem a seus companheiros: no solstício de 13 de dezembro, exatamente neste dia, todos vocês serão exterminados e a supremacia do Senhor será revelada!


Pzel abandona a sala sem que Damiani e Jinx consigam esboçar qualquer reação. Sozinhos na capela, os dois acabam por seguir até as duas naves pousadas no campo ermo, seguindo para Teenimac estupefatos pelo que presenciaram.

FIM DE EPISÓDIO
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» T4E15 - Missão Infiltração(Continuação)
» Missão: Infiltração
» T4E15 - Missão Resgate(Continuação)
» Missão: Explosivos Extremos.
» Uma casa de doces?! (missão)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Geração Suprema :: Geração Suprema - RPG :: 4° Temporada-
Ir para: