Antes da criação temos a Destruição.
 
PortalInícioRegistrar-seConectar-seFAQBuscar

Compartilhe | 
 

 T4E18 - De qual lado?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Bugarski
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 637
Data de inscrição : 15/08/2013

Suprema Card
Nome Civil: Jones Statäinhoffen
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: T4E18 - De qual lado?   Seg Jun 01, 2015 7:57 pm

22 de outubro de 2016
Teenimac


No gabinete presidencial se reúnem os ministros de Teenimac (Suporte, Damiani, Hagi, Gadget, Spark, Blood Ice e Kaboom) junto ao presidente Bugarski e ao vice-presidente Titan. Um televisor está sobre a mesa enquanto Bugarski usa o controle remoto para passar os canais de todo o mundo com a mesma notícia: a aniquilação dos membros da Nova Igreja e a destruição de suas instalações por parte dos Acordados. Após recolher algumas informações nada úteis, Bugarski desliga o televisor e pergunta:

-Alguém sabe me dizer o que significa isto? – ele olha para Hagi fazendo um sinal negativo – Porque os guardiões e centuriões estão eliminando os membros da igreja? Não que isto seja ruim, mas é no mínimo estranho. Em um dia somos o alvo deles, no outro, eles fazem exatamente o que eu gostaria de fazer. Alguém?

Na ante-sala do gabinete estão sentados Jinx, Nexus, Eagle Eyes e Krisys (a extinta Infiltrators com a exceção de Vulpine), a espera de uma reunião com Bugarski.

Nos fundos da igreja construída por Tremor encontram-se Vulpine, Val e Canis, fumando uma erva experimental criada por um cidadão de Teenimac. Os três estão bastante alterados, suficiente para esquecerem das reuniões com o presidente. Tremor aparece nos fundos para aguar o jardim da capela e encontra os três. Val começa a tossir:

-Porra! O padre pegou a gente no pulão!

-Apaga! Apaga!

-Apaga nada! Foda-se o padre!

-Ah! É só o padre! Vai se foder cara!- Diz Estrela, com o charuto na boca e mostrando seu dedo médio para Gregório.

Harleen e Tigre andam pelos muros da fronteira sul de Teenimac e avistam um grupo de sete pessoas, entre homens e mulheres, a se aproximar.



OBS:- As postagens deverão ser efetuadas até as 20:00 de quarta-feira, dia 03/06
Voltar ao Topo Ir em baixo
Damiani
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 309
Data de inscrição : 17/09/2013
Idade : 27

Suprema Card
Nome Civil: Evans Valladares
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Seg Jun 01, 2015 8:18 pm

Escuto Bugarski e acendendo um cigarro respondo.

- Uma pergunta que Gadget ou Suporte pode te responder com mais propriedade. Foi só pra isso que nos chamou?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Suporte
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 296
Data de inscrição : 11/10/2013

Suprema Card
Nome Civil: John Mycroft
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Seg Jun 01, 2015 11:46 pm

Ainda posso sentir minha perna, longe de está em sua condição de excelência. A cada passo que dou, é como se pudesse ver as cicatrizes que repousam em meus ossos. Um conjunto de fraturas á mais para minha coleção pessoal de ferimentos e similares. É impossível viver nessa realidade sem adquirir algumas recordações que mais parecem lamentações disfarçadas. Eu poderia até apelidar isso como experiência, entretanto, como disse Oscar Wilde: A experiência é o nome que damos aos nossos erros.
E, enquanto estou andando silenciosamente por esse corredor, não sou capaz de pensar em uma frase melhor para descrever meu estado atualmente. Mesmo com todas essas feridas remanescentes, mesmo com a soma de todos esses anos, fui incapaz de auxiliar verdadeiramente em nossa mais recente batalha final. É como se eu fosse um jogador que perdeu - se em sua própria partida de xadrez, prestes a encarar as causalidades de seus atos no tribunal.
Esses pensamentos sintetizam como eu me sinto por baixo dessa mascara que nomeie de meu rosto e meus olhos. Frio no exterior, calorento no inferior de minhas profundezas. Acho que eu poderia usar esses termos, utiliza - lós como uma superficial auto - descrição. Independente disso, eu devo abrir a porta que, nessa altura, já encontra - se perante a mim. Movendo meus dedos metálicos, giro suavemente essa maçaneta e deixo, sutilmente, meus passos entrarem no Gabinete Presidencial.
Eu não caço atenções, preferindo fazer minha entrada uma simples ação na totalidade. Meu olhar, em sua sutileza, corre para checar os cantos dessa sala. Quase como se isso fosse uma medida de segurança, uma confirmação que estou realmente seguro para Ser aqui. Embora, como vemos em Super - Ego, isso nunca é verdadeiramente verdade em uma sociedade. Tendo isso em mente, apenas escolho o meu canto como o mais distante possível. Sem fazer alarde, sento - me. Deixando o meu corpo se esparramar, por um instante somente, na confortável cadeira oferecida. Não é a primeira vez que estou aqui. Porém, suponho que, dessa vez, o assunto não ficará em aberto, como bem ocorreu na minha ultima visita.
Com meus braços cruzadas e minha face introspectiva aguardo seriamente e caladamente a eventualidade chegar. Eu sinto quando ele acontece, literalmente eu tenho a sensação de ver quando os canais passam. Devido a minha natural conexão, eu vivo e sinto os códigos necessários para a tornar a transição de cada emissora nessa televisão uma realidade. Por quando, a maioria das pessoas, deveria vivenciar somente imagens e sons diversificados, eu transcendo está definição. Vendo além das figuras, sendo capaz de entender os números que estão por trás desdes estímulos sensórias diversos. Como pensei uma vez, seria lindo cientificamente, senão fosse tão enlouquecedor.
Eventualmente, meu amigo iniciasse seu discurso e o encerra com uma dúvida racional e esperada. Uma resposta é requisitada e, como colocou mais tardiamente o telecinético, eu, provavelmente, sou uma das pessoas mais qualificadas existentes nesse cenário para oferecer algo concentro a respeito da questão lançada. Apesar disso, decido - me mudamente refugiar em minha mente por alguns segundos, buscando e trabalhando na maneira mais adequada de comunicar minha nova tese aos demais. Faço isso enquanto, ao exterior, somente meu olhar analítico e indecifrável resta para ser observado.
* Teoricamente, estou seguro que não tenho culpa ou envolvimento sobre a misteriosa e curiosa criação dos Acordados. Mas, possuo minhas dúvidas sobre como minhas atitudes possam ter contribuído para o novo comportamento dessa facção. Ao afetar a rede deles para transformar membros da Nova Igreja como suas ameaças primárias, uma reação em cadeia assim era inevitável. Afinal, seu sistema de aprendizagem e noção é diretamente conectado entre si. Eu apenas queria ter pensando nisso. Ou melhor, que isso tivesse ocorrido mais futuramente. Pois, acredito que no fundo, eu tinha ciência que isso tinha considerável possibilidade de tornar - se um fato. Era previsível, se pensar bem. Agora, se outros enxergarem através dessa estratégia, a probabilidade de desejarem um envolvimento é grande demais para ser ignorada. E, por questões pessoais, isso é algo que devo evitar.Tendo apenas uma solução lógica e imediata para alcançar esse meu objetivo.*  
Minha reflexão alcança seu fim. Meu corpo, antes em repouso, decide usando o braço da cadeira como seu apoio inicial, levantar - se rapidamente. Em um sinal aberto de formalidade e educação, minha posição inerte fugazmente prepara - se para iniciar seu discuso. Meus lábios, tímidos, começam a prenunciar - se com uma voz carregada de autocontrole e polidez. Obviamente, sem perder o tom baixo e fraco característico de minhas falas:
- Meus caros, peço a permissão de vocês para pôr meu ponto nesse debate. Humildemente, gostaria de oferecer uma resposta para o enigma apresentado: Como tem conhecimento, nosso mais recente embate tinha grandiosas conseqüências negativas em jogo para o caso de perdemos. Tendo essa declaração como premissa, acredito que meu ato foi compreensível: Evidentemente, com o intuito de ajudar - lós a deter a ameaça, escolhi utilizar o grupo de robôs presentes para nossa vantagem.  E, embora teve sua própria taxa de eficiência, minha tática teve causalidades indesejáveis. Para ser mais exato, a utilização de meus poderes para colocar alguns membros da Nova Igreja como ameaça primária em seu sistema. Aparentemente, acredito que esse comando evoluiu e se espalhou em meio a rede de Guardiões e Centuriões. Sinto muito e peço o perdão dos caríssimos por minha falha. No de mais, devido a própria natureza de minhas habilidades e sobre a luz dessas declarações, eu compreenderei se, alguns dos presentes, tiverem suspeitas sobre meu potencial envolvimento na criação dos Acordados. E, sobre esse assunto, vim sugerir uma solução rápida e objetiva: Caso seja o gosto da maioria, para retirar qualquer dúvida que, potencialmente, possa gerar uma segregação entre nós em tal momento tão crucial, me submeterei, voluntariamente, a uma sondagem telepática feita por Hagi afim de comprovar estás palavras: Embora, eu tenha sim envolvimento nesse ultimo cenário, eu não tive nenhum envolvimento ou ligação com o nascimento dos Acordados. Por mais que eu tenha me voluntariado, caso seja o desejo da maioria, ainda espero que minha palavra seja o suficiente. Decidam - se, por favor.         
Digo, com toda a sinceridade e normalidade que posso ter antes de, silenciosamente, me sentar e mudo assistir o desenrolar do debate.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gadget
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 526
Data de inscrição : 18/08/2013
Idade : 29

Suprema Card
Nome Civil: Peter Heinz
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Ter Jun 02, 2015 9:22 am

A pergunta é feita, mas eu esperava uma resposta diferente de Suporte, bom não sei como funciona a mente ardilosa de Mycroft, mas entendo bem como a minha funciona e minha memoria eidética nunca deixaria uma poeira escapar de seu lugar original. Ele ainda para se complicar mais começa a se defender sem ser acusado, não posso deixar este momento passar então ainda sentado começo a falar

John acredito que você realmente saiba o que ocorreu, lembro que quando estava preso na Austrália, juntamente com Jones e o falecido Tomas, um guardião me questionou sobre você e sobre a racionalidade em si, se ele era capaz de sentir, de aprender.

Quando fomos para Curitiba juntamente com Kya, Gregório, Giovanna, Nero e Evans, apos impedirmos o ataque do homem argila e ter um momento no covil dos rebeldes, você realmente acredita que uma cabeça que EU restaurei explodiria ? E ainda sem explicações e queimando sua memoria, isso não fugiu da minha mente e desde de então comecei a pesquisar.


Pauso um pouco e dou uma olhada ao redor

E as minhas duas maiores confirmações, 18 de outubro de 2016, eu estava em uma investida contra a fabrica de centuriões de Honk Kong junto com Val, Canis, Theo e Gregório os Centuriões te reconheceram e ainda conversaram sobre você o "criador" de forma mais diplomática que nosso padre, dai veio a minha segunda prova no dia 19, na Bulgária eu concertei e alimentei os Centuriões que foram rapidamente eliminados, confirmando todas as minhas suspeitas.

_________________
ITENS:
 



A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tigre
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 93
Data de inscrição : 22/03/2015
Localização : Indeterminado

Suprema Card
Nome Civil:
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Ter Jun 02, 2015 3:20 pm

3 dias atrás, na Bulgária

Voltei totalmente calado, no meu canto, olhando para o nada. Estava em estado de fúria primitiva e me contendo ao máximo, toda aquela energia daquele demônio se irradiou pra cima de mim de uma maneira que, para conseguir me defender daquilo, acabei sofrendo uma grande regressão em meu estado mental. Me contive o máximo que pude, ignorei a qualquer tentativa de papo também, eu não estava num dia bom.

Me lambia frequentemente e ficava encarando o grandalhão que falou besteira pra mim. Não se tocou que eu segui o que o cara de pedra falou, e nem deve imaginar a energia tenebrosa que aquele estranho emanava. Eu percebia aquela energia, é um sentido animal que tenho.

Hoje, em Teenimac

Estava andando nos muros da cidade, era um lugar bem alto. Meu caminhar ainda estava muito afetado pelo ocorrido três dias atrás. Junto de mim estava Harleen, mas eu não estava tão apto assim a papear. Também estava com raiva por causa do que me mandaram fazer... Ficar aqui na fronteira... Detesto ficar preso a uma coisa. Parei de me preocupar com isso quando senti os cheiros estranhos se aproximando.

- Está sentindo esse cheiro? - digo, parando e me apoiando no muro, observando o grupo e começando a rosnar - Avisa o povo, eu vou ver o que que tá acontecendo - digo, correndo para fora dos muros e indo para dentro de Teenimac, virando um guepardo híbrido no processo.

Chegando perto de alguns cidadãos, volto a minha forma normal e dou um rugido, apontando para a entrada, para tentar chamar alguns para irem averiguar comigo. Sem esperar por respostas, parto em disparada na direção dos portões, parando na frente dos sete e me colocando de pé.

- O que querem aqui? - pergunto, com minha voz grave e rosnada
Voltar ao Topo Ir em baixo
Titan
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 470
Data de inscrição : 11/08/2013
Idade : 28

Suprema Card
Nome Civil: Nero
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Ter Jun 02, 2015 8:01 pm

Titan escuta o que todos têm para falar

-Caras falar uma coisa, em outra vida o Microsoft foi um orador grego so pode,nunca vi alguém enrolar tanto para falar alguma coisa básica huahua

-O Jones quero saber uma coisa,posso ficar com aquela base da nova igreja que dominei junto da kaboom?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Krisys
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 241
Data de inscrição : 24/06/2014
Idade : 20

Suprema Card
Nome Civil: Kisen Kiya
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Ter Jun 02, 2015 9:40 pm

Os últimos acontecimentos tem sido muito nebulosos

*Não tenho tido tempo de colocar os pingos nos "is" com o senhor Peter Heinz, mas pelo menos tive tempo de pensar*

Olho para o lado e vejo meus companheiros Infiltrators menos Vulpine que deve estar aprontando algo

*Por onde anda o aprendiz do Snoop Dogg ? Será que ficaria ofendido se o chamasse assim ?*

Não levo o pensamento a diante já que isso não combina comigo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Spark
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 302
Data de inscrição : 30/11/2013

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Qua Jun 03, 2015 11:19 am

Olho para Bugarski assim que ele nos faz a pergunta e sorrio, sei assim como todos que estão na sala que John manipula maquinas, estaria o nosso mandatário zombando da situação?

Me preparava para mais uma de minhas gracinhas habituais quando John toma a palavra, por Deus eu sempre me assusto todas as vezes que esse cara abre a boca e como não poderia faltar acrescento assim que Gadget o rebate.

-Na moral Peter, o cara custa a abrir a matraca para falar mais que duas palavras, e você já vem enchendo o saco dele, tudo porque ele foi mais esperto que tu e explodiu uma cabeça de lata que te contaria o óbvio?

-Tá certo que seria mais pratico ele nos dizer, mais alguém reparou que ele constantemente fica mudo, rs? E outra olha a cara do Jones, sá porra já sabe faz tempo! hahaha.


Fico esperando o desenrolar dos fatos sorrindo.

_________________
Ficha Herói:
 


Imagem:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Eagle Eyes
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 24/06/2014

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Qua Jun 03, 2015 11:31 am

Nesses últimos tempos as coisas não tem sido nada fáceis para mim, sempre me recuperando de porradas épicas, como se ser namorada de herói não bastasse, mais foi a vida que eu escolhi, talves devesse treinar mais a minha habilidades de luta físicas.

Olho para o lado e não vejo Vulpine, devo a ele a minha vida, acho que vou fazer um jantar e convida-lo como agradecimento...

Olho para Jinx e digo:

-Amiga me desculpa estamos um pouco afastadas ultimamente, não ta nada fácil pra gente né? - Digo com um sorriso cansado.

-Acho que poderíamos treinar mais, não estou me sentindo útil para a equipe...

_________________
Ficha Herói:
 


Imagem:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jinx
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 119
Data de inscrição : 11/08/2014
Idade : 19

Suprema Card
Nome Civil: Giovanna Marcelly
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Qua Jun 03, 2015 12:38 pm

Estávamos novamente reunidos como os Infiltrators, com exceção de Vulpine, que não estava presente. Por um momento imagino o que estava acontecendo com ele, nos últimos tempos estava tentando esquecer de nossa batalha no Coliseu. Por mais preocupada que estivesse, ainda tinha meus próprios problemas.

A missão anterior havia sido infestada de lutas em meu subconsciente, sobre minha utilidade em batalha. Como se lendo minha mente, Letícia se dirige a mim sobre sua insegurança, e eu fico um pouco confusa, ela sempre me pareceu tão forte, assim como eu, ela também não tinha muito treinamento com combate corporal, mas sempre tinha como atacar com suas flechas versáteis, não importando o inimigo, diferente de mim. Simplesmente suspiro e concordo com a cabeça.

-Nem me fale, ultimamente está sendo difícil acompanhar a evolução dessa gente quando a única coisa que você sabe fazer é sevir como carrinho de transporte.

Um pensamento me ocorre, e solto uma risada abafada. Sussurro em seu ouvido.

-Não queria dizer isso na frente dos outros, mas você sempre foi minha favorita.

Não estava mentindo, não me dava muito bem com os garotos em geral, talvez até tenha algumas inimizades, apesar de achar Titan uma graça com aquela personalidade violenta. Também gostava de Kaboom, o jeito dela me intrigava, quase tanto quanto seus poderes. Kiya era legal, mas Eagle tinha uma coisa especial, não conseguia me lembrar de como nossa amizade havia surgido, mas sabia que não ia acabar tão cedo.

*-Estou ficando tonta com tanta reflexão.*

Estava com vontade de abraça-la, mas com um assunto tão tenso sendo discutido pelos outros, não achei uma boa ideia, apenas sorrio gentilmente.

_________________
Mudei de novo sim! E se reclamar mudo outra vez <3:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blood Ice
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 421
Data de inscrição : 19/08/2013
Idade : 26

Suprema Card
Nome Civil: Hugh Irenia
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Qua Jun 03, 2015 4:47 pm

Após os presente na sala falarem, falo o que penso...

Alguém pode explicar o que suporte disse.

Fico com cara de quem não entendeu nada...

Mas gostaria realmente que alguém pudesse explicar como aqueles guardiões conseguiram criar consciência do quem era seu criador e que estavam do nosso lado.
O que você fez com eles suporte para eles chegarem a esse ponto?
Ja que eles estão lutando a nosso favor podemos usar eles nas fronteiras.

Mas Jones, deixando esse assunto de lado, o que podemos esperar do retorno de Fim e agora essa Guerra que esta em eminencia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nexus
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 161
Data de inscrição : 26/06/2014
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Qua Jun 03, 2015 8:46 pm

Depois que desmaiei na Bulgária, só lembro de apanhar bastante. Por sorte, o resto da equipe na Bulgária consegue impedir o católicos. Estava tudo bem quando terminava bem. Passei os tempos seguintes treinando e me recuperando de surras passadas.

Todos se reúnem para uma audiência com Bugarski. Todos esperam na sala, porém fico bastante irritado. Todos conversando como se fosse algo normal esperar para trocar umas palavrinhas e todos estavam satisfeitos com isso. Chuto a porta do gabinete do presidente tentando realizar uma entrada surpreendente.
- Não vou ficar esperando na porra da fila do SUS!.  
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bugarski
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 637
Data de inscrição : 15/08/2013

Suprema Card
Nome Civil: Jones Statäinhoffen
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Dom Jun 07, 2015 6:07 pm

Tremor não parece se importar com as ofensas de Val e Canis e ele sente um poder ao chão que foge de se compreensão, vindo do setor sul de Teenimac.

Já no setor sul, na grande muralha, Tigre toma a frente, orientando Harleen a avisar aos outros, enquanto ele parte a frente para indagar os sete viajantes que aparecem. Harleen não faz o que lhe é pedido mas Tigre não exita em se aproximar do grupo dos sete. Um dos homens toma a frente e começa a falar. Para Tigre é nitida a semelhança entre ele e Bugarski:

-Então você deve ser o tal felino que meu filho me falou... Pois bem meu amigo, me chamo Hristo Stoichkov Statainhoffen, mas todos me conhecem como Bronson. Sou pai do presidente Bugarski. Estes aqui comigo são Contructor, Don, Geo e Magno. Já as mulheres são Aquarius e Whitney. Somos alguns dos Canforas. Poderia nos levar até Bugarski?

Bronson:
 

Constructor:
 

Don:
 

Geo:
 

Magno:
 

Aquarius:
 

Whitney:
 

O homem mantém uma aparência bondosa e diz a Tigre.

-Você é bem intimidador. De onde vem garoto?

-Não é hora para conversinhas, Bronson! - diz Don, trajando seu melhor aparato militar

-Relaxa velhote! Temos que falar com nossos herdeiros, mas nada impede de conversar com um de nós, certo senhor felino? Qual o seu nome?

No gabinete presidencial o clima fica intenso após as informações de Suporte e as acusações de Gadget. Spark tenta colocar panos quentes e Damiani parece irritado com a reunião que não lhe parece proveitosa. Após a indagação de Blood Ice Bugarski resolve então tomar a palavra:

-Senhores! Não estamos aqui para brigar. Só queria elucidar a todos sobre um determinado fato. Mas, como bem perguntado por Evans, acho que nem todos aqui querem saber de tudo. John e Peter. Peço que engulam suas considerações momentaneamente. Por ora vamos resolver outro assunto, mas ficarão aqui depois, apenas nós três, para um diálogo sobre o efeito Acordado.

Bugarski pega uma garrafa de whiskey e se serve, oferecendo a garrafa aos demais e neste momento Nexus enfia o pé na porta tentando abrí-la. A porta, revestida do mais puro metal, não sofre qualquer dano, o que parece ser bem engraçado para Jinx, Eagle Eyes e Krisys. O barulho acaba chamando a atenção de Bugarski que abre a porta pra ver o que ocorre e vê Eagle Eyes e Jinx conversando, Krisys sentada voltando-se para os pensamentos e Nexus ao chão, com a mão sobre o pé.

-OPa! bem na hora! Entrem meus amigos! Onde está Vulpine?

Os quatro entram na sala e Bugarski começa a falar:

-Bem, estão quase todos aqui reunidos. Depois converso com aqueles que faltam, em separado. Como todos sabem estamos em guerra. Mas ainda não nos posicionamos em um lado específico. Gostaria que cada um aqui presente analisasse a sua própria situação e se perguntasse: de qual lado eu estou? Não precisam se envergonhar, essa reunião só tem o intuito de esclarecer e definir pra cada um de nós onde estaremos nesta guerra. Alguém quer começar?



OBS:-As postagens devem ser efetuadas até as 20:00 hs de terça-feira, dia 09/06
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tigre
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 93
Data de inscrição : 22/03/2015
Localização : Indeterminado

Suprema Card
Nome Civil:
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Dom Jun 07, 2015 7:20 pm

Me mantinha na frente dos seis. Tirando o tal do Hristo (esses dois primeiros nomes não me são estranhos... Onde já os ouvi?), os outros cinco pareciam mal encarados. Quando o que foi apresentado como Don falou que não era hora pra conversinhas, o encarei friamente e soltei um rugido, mas logo voltando a mim.

- Bom, provavelmente eu sou o tal felino... - digo, tentando ficar numa posição ereta, mas apenas ficando encurvado - Você... É pai de Bugarski? É meio velho... Vocês são bem velhos, na verdade... - solto essa inocentemente.

Uso rapidamente meu faro para tentar perceber se há mais alguém por perto além dos sete, passo a língua em meu braço e volto a falar.

- Não sei como responder... Acho que é prazerrrghh... - digo, me sentando no chão, na frente deles - Meus pais me chamavam de Yannick... - digo, olhando para o lado e tendo uma nova lembrança de meu passado.

Lembranças que darão sentido para minha ação:
 

- ...meu pai me deu esse nome pra homenagear um amigo que lutou ao lado dele

Dou uma nova lambida na minha mão, e me levanto novamente

- Eu... Vim da floresta. Mas acho que era de... Isso, São Paulo

Terminando de falar, os farejo para ver se posso confiar neles, depois decido por levá-los onde creio poder encontrar Bugarski.

- Me sigam... - começo a me transformar num guepardo completo, reduzindo aos poucos minha capacidade de falar - Se puderemrrrrr

Me transformando num guepardo completo, começo a correr a toda velocidade na direção de Teenimac, tentando me guiar pelo meu faro para lembrar onde Bugarski está. Conhecendo os cheiros desse lugar (já estou num nível intermediário nisso), creio que chego no manda-chuva do lugar rapidamente. Enquanto corro, obviamente, olho para trás para ver se estão me seguindo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Krisys
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 241
Data de inscrição : 24/06/2014
Idade : 20

Suprema Card
Nome Civil: Kisen Kiya
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Dom Jun 07, 2015 8:00 pm

Nexus sempre ''tentando'' causar,algo que o faz ser bem legal.O senhor Jones abre a porta me posiciono em um lugar encanto ouço sua palavras após digo:

Não irei ficar contra os humanos pois tenho parentes que não desejo ver mortos e conheço muitos humanos que não merecem a morte, mesmo sabendo que muitos deles gostariam de ver pessoas como nós mortas

Cada dia que passa fica mais difícil sobreviver

Se alguém tiver algum argumento convincente que me faça mudar de ideia estou disposta a ouvir


Voltar ao Topo Ir em baixo
Titan
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 470
Data de inscrição : 11/08/2013
Idade : 28

Suprema Card
Nome Civil: Nero
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Seg Jun 08, 2015 10:30 am

Titan escuta as palavras de Jones

-Porra Jones isso é coisa de me perguntar cara,estou com você mano,se você decidir seguir o Fim me da um uniforme preto de metaleiro e boa huahuahua.
Estou do lado que você e Teenimac estão senhor prefeito huahuahuaha, e é bom que isso me garanta algumas mortes estou a muito tempo sem tirar sangue de grupos extremistas suicidas huahuaha.

Titan escuta Krisys

-Olha Krisys não vou tirar sua razão de querer proteger alguns humanos acho isso louvável de sua parte, mas espero que na hora que esses humanos estiverem com a arma na cabeça de um mutante você se lembre que não somos mais os cães da humanidade.

Mas você é minha amiga então espero que nessa guerra continuemos como aliados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blood Ice
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 421
Data de inscrição : 19/08/2013
Idade : 26

Suprema Card
Nome Civil: Hugh Irenia
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Seg Jun 08, 2015 5:53 pm

Jones fala, sequencia Krisys e logo Titan, apos eles falarem falo também.

Não existe lado a escolher, lutamos e morremos junto esse foi o lema deste da primeira missão que estivemos juntos, não por que fazer essa pergunta.
E também que garantia Fim pode nos oferecer que não ira nos matar quando tudo terminar, sendo que diversas vezes nos lutamos e atrapalhamos os planos dele?
.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Suporte
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 296
Data de inscrição : 11/10/2013

Suprema Card
Nome Civil: John Mycroft
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Ter Jun 09, 2015 7:54 am

Eu estou sentado, com meus braços frios cruzados. Nem uma parte sequer escapa dessa frieza, desta ausência de emoções e sinais corporais que existem em meu inerte corpo. Para muitos, essa ação e descrição me faria soar como um robô, como um inumano. Mas, sejamos francos, todos não somos um pouco assim? Sentados, presentes nessa sala, cada individuo devendo optar pela possibilidade de revelar ou não sua visão sobre algo especifico. Diferentes no principio, cada um com sua opinião singular. Porém, em seu desfecho, será um processo similar. As mentes, em sua individualidade, irão pesar suas próprias experiências e, a partir delas, tomaram sua decisão há pergunta oferecida pelo Presidente.
Talvez, eu esteja enganado sobre os elementos exteriores. Quem sabe, não é assim que eles funcionam. Apesar dessas ponderações, posso seguramente declarar que eu me classifico nessa descrição mental. Não como ser, em sua totalidade, irracional. Mas, como alguém que tem reconhecimento como o que aconteceu está ditando suas suposições atuais. Independente disso, eu apenas continuo em minha posição original. Ouvindo o que existe para ouvir.  Vendo o que tenho para ver. Sem me esforçar para esboçar qualquer reação, no máximo, eventualmente iria, com um simples e discreto gesto de mão, recusar qualquer bebida que pudesse ser oferecida. Mesmo assim, em todo meu autocontrole, era impossível negar que algumas falas de alguns aliados não tivessem contribuído para minha mais recente, e silenciosa, reflexão fugaz:
* Inteligente. Ás vezes esqueço como a mente do líder pode ser tão perigosa. Ao meu ver, ele é um homem com alta responsabilidade, um que está ciente da potencial guerra que está por vim.  Mesmo tendo, acredito eu, amigos entre nós, ele necessita controlar e tomar conhecimento de quem está, ou tem coragem de afirmar, está ao seu lado em voz alta. Somente assim, terá o poder de separar seus soldados realmente leais nesse xadrez dos que, potencialmente, pode tornar - se ameaças movidas por sua própria ideologia. De fato, seria muito irracionalidade minha acreditar que em uma guerra exista a dualidade do bem contra o dito mal. Salve - se, possivelmente, algumas poucas exerções ao longo da história. Porém, como regra geral, esses embates resumem - se ao objetivo de seus líderes. Não estou em posição de julgar isso, no entanto, para mim apenas resta admitir que, em uma partida como essa, tem - se muito além de só batalhas diretas e dois lados de uma mesma moeda. Tendo consciência disso, acredito existir uma terceira opção nessa equação.   *  
Eu encerro meu pensamento. Com uma face seria e introspectiva, continuo a escultar as palavras de outros até que minha vez chegasse. Não pretendo levantar - me da cadeira como fiz no primeiro discurso, não há necessidade disso agora. Embora, esse ato não significasse falta de formalidade ou respeito. Pois, em minha voz, era evidente uma polidez e educação digna de um lorde. Meu tom, apesar, continuava tímido e bastante fraco a medida que as frases e orações nasciam em meus lábios:
- Presentes, eu devo avisar que estou aqui para quebrar a linha das respostas até agora. Sendo direto, para minha pessoa, senhores e senhoritas, não existe limitadamente essas duas opções. Entretanto, devido a questões de objetividade do nosso tempo, isso é algo que desejo discutir em breve com o responsável da cidade. No de mais, respeito a bravura e ideologia de quem têm a coragem de clamar sua decisão em voz alta. Obrigado por cederem tempo para ouvirem esse discurso.        
Digo, ficando calado e com olhar indecifrável em seguida. Apenas ciente que, para os mais atentos, deve ter sido obvio que decidir jogar em em nenhum dos lados nesse xadrez. Sem mais, somente ouviria, em voto de mudez, o que os demais tem a colocar ou não nessa discussão.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gadget
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 526
Data de inscrição : 18/08/2013
Idade : 29

Suprema Card
Nome Civil: Peter Heinz
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Ter Jun 09, 2015 9:20 am

Então temos que escolher um dos lados, bom algo até simples de se fazer ou dizer, mas há muitos pensamentos dos outros que contrariam muita coisa que já vi desde quando comecei a vivenciar com eles.

Sou a favor de lutar pelos humanos, minha mãe e pai não são mutantes e nunca mostraram repulsa a isso, nos sempre lutamos mais pelos humanos do que pelos mutantes, pelos meus cálculos matamos mais mutantes do que humanos na nossa estrada, prefiro proteger a igualdade do que a soberania, por mais complicado que seja há a probabilidade de que alguns de nossos filhos ou netos venha a não ter o gene que da os poderes, e não seria agradável que eles sem poder algum enfrentassem a realidade caótica que vi no futuro de Fim.

Me levanto um pouco e pego uma dose do whiskey oferecido

_________________
ITENS:
 



A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kaboom
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 334
Data de inscrição : 16/08/2013

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Ter Jun 09, 2015 10:02 am

Pontos de vista são detalhados em palavras. Alguns óbvios, outros inesperados. Então chega a minha vez de falar.

-Suporte está certo. Não se trata de uma guerra entre dois lados. Há muito mais em jogo aqui. Sempre estive ao seu lado, Jones, meu amor. E vou continuar assim, entendendo que com a sua liderança e escolhas, seguimos por um caminho autentico, embora complicado por diversas vezes. Mas o meu lado não é o dos mutantes ou dos humanos. Hoje o meu lado é defender Teenimac e a mim. Luto pela sobrevivência, sabendo que não posso me isentar dessa guerra. Onde quer que o presidente escolha estar situado o nosso estado eu estarei. Mas sim, lutando pela sobrevivência dos nossos, digo, os nossos de Teenimac e não pessoas com heranças geneticas diferentes.

Pego o whiskey como Gadget e bebo. O gosto não me agrada mas acabo engulindo sem pestanejar.

-Não tem nada mais doce pra beber?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nexus
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 161
Data de inscrição : 26/06/2014
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Ter Jun 09, 2015 7:14 pm

Depois de chutar a porta de ferro e me machucar, fico furioso com aquela porta. Queria saber quem foi o idiota que colocou algo assim ali, mas deixou para lá quando a porta se abre e sinto o clima tenso no ar. Quando Jones começa a falar sobre lados e guerra, encaro sério. Mostrava em meu rosto que já tinha decidido em que lado ficar.

- Não vou ficar em nenhum lado, não tenho interesse de me envolver em uma guerra. Odeio as consequências que isso pode trazer, tanto para os humanos quanto para os mutantes...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Spark
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 302
Data de inscrição : 30/11/2013

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Ter Jun 09, 2015 9:44 pm

Enquanto todos falam me levanto e me sirvo do whiskey, bebo e o giro no copo observando todos os presentes.

-Estou com vocês caras, desde quando subi para a equipe principal convivo com "mutunas", como me chamavam na escola, como Peter, meus pais também são humanos e não são caras maus... Por tanto, o lado que eu escolho será o lado em que sempre estive... Protegê-los, humanos e mutantes que são bons, e eliminar a escória, mutante ou humana que se opor a isso. Assim como aprendemos com todos os nossos mestres...

Procuro encher um pouco mais o meu copo.

_________________
Ficha Herói:
 


Imagem:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Eagle Eyes
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 24/06/2014

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Qua Jun 10, 2015 8:48 pm

Olho para Nexus e não entendo o que ele pensa, riu da situação.

Do lado de dentro, após as palavras dos outros, digo rapidamente.

-Penso como Theo, muitos de nós temos familiares humanos, e defender o "bem" é a nossa missão.

-Foi para isso que eu quis entrar para a "All Star"...

_________________
Ficha Herói:
 


Imagem:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bugarski
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 637
Data de inscrição : 15/08/2013

Suprema Card
Nome Civil: Jones Statäinhoffen
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Qua Jun 10, 2015 11:33 pm

22 de outubro de 2016
Teenimac


Tigre se transforma em um guepardo e se lança em uma corrida em direção a cidade, o felino é guiado pelo seu olfato extremamente afiado, ele pode perceber que a pesar da idade avançada dos visitantes, eles o acompanham sem muitas dificuldades, Harleen é levada por Constructor que a envolve com o seu poder, criando um carrinho de montanha russa.

Os Canforas escutam as palavras de todos ainda do lado de fora da sala.

A reunião segue do lado de dentro, onde todos são ouvidos atentamente pelo presidente, vários pontos de vista são abordados e o clima de decisões importantes é nítido no ar, sem um consenso ainda entre os membros a porta de aço maciço se abre e todos podem ver figuras conhecidas sendo acompanhadas por Tigre e Harleen.

-Sejam todos bem-vindos – diz o líder de Teenimac aos ilustres visitantes.

Após a apresentação das novas figuras (vide última mestragem), Bronson toma a palavra.

-Não pudemos deixar de escutar as opiniões de vocês quando a guerra garotos, e nossa visita à Teenimac foi justamente para informa-los qual o nosso lado nisso tudo.

-Os CANFORAS estão do lado do bem, como sempre estivemos, ajudaremos humanos ou mutantes, desde que sejam bons, nosso dever e missão, antes de mais nada é garantir a ordem e a paz, essa foi a base e intuito da criação do nosso grupo, foi esse o ensinamento que deixamos para vocês, sei que lá fora, depois de suas fronteiras, existem humanos que querem tirar a nossa liberdade, porém o massacre a TODOS eles não é justo, pois lá fora, no mesmo lugar onde essa escória está também estão milhares de humanos inocentes, que muitas vezes nos amam.

-Não podemos deixar que MUTANTES como Heitor, ou humanos com os extremistas tomem a decisão de extinguir qualquer que seja a raça.


Ao se calar ele olha para seu filho que diz:

-Alguém quer dizer mais alguma coisa?

AS POSTAGENS PODEM SER FEITAS ATÉ AS 14HS DE SÁBADO 13/06
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tigre
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 93
Data de inscrição : 22/03/2015
Localização : Indeterminado

Suprema Card
Nome Civil:
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   Qui Jun 11, 2015 4:56 pm

"Ao menos não preciso ficar parando para esperar" - penso, enquanto corro e vejo que estou sendo seguido sem grandes problemas por eles.

A corrida pelas ruas de Teenimac não tarda a acabar, rapidamente chego no meu destino, graças a meu faro. Adentrando o local, volto lentamente a minha forma normal, ao passo que escuto claramente a conversa, a discussão. Movimento minhas orelhas de maneira a captar melhor os sons da sala cuja qual estou de frente. Após um tempo, adentro com todos na sala, e me junto aos outros membros da cidade.

No meu canto, salto sobre uma cadeira e me sento na posição felina, escutando todo o discurso de Bronson enquanto lambo uma das minhas mãos. Após ele terminar de falar, e quando Bugarski nos dá a oportunidade de nos expressarmos, resolvo falar algumas palavras:

- Olha... - digo, saltando na mesa e me sentando em posição felina - Eu consegui ouvir parte da conversa lá de fora, vocês precisam reforçar mais essas paredes... Enfim, eu cresci na selva, e na selva a lei que vale é a seguinte: o mais forte sobrevive - digo, descendo da mesa e me colocando sob as duas patas traseiras - Minha memória está voltando, e eu sei que meus pais eram como eu. Como vocês dizem... Mutante. Sei que eles foram grandes heróis, e acho que deram a vida para me proteger dos caras maus, embora eu sinta que eles estão vivos - prossigo, caminhando na direção de Nexus, que ouvi falar que não queria se envolver - Meus pais não davam sua vida só pra me proteger. Davam a vida também para proteger os humanos. E eles não tinham medo de enfrentar o perigo, usavam sempre a melhor estrategia possível - digo isso olhando pra Nexus, depois voltando na direção da cadeira onde eu estava sentado.

- Posso ser um tigre quase que na totalidade, mas tenho um instinto de defender os iguais. E quando digo iguais, não digo felinos listrados de 3 metros de altura. Digo as pessoas. Todos aqui. Bugarski, lembra que eu tinha dúvidas sobre o que eu era? - faço uma pausa e solto um grunhido, voltando a falar logo depois - Então, acho que eu tenho a resposta pra isso. Não sou um humano, não sou um mutante e não sou um felino. Sou um defensor. Um herói. E vou defender os bondosos que precisarem. Afinal, como seu pai disse, não existem apenas pessoas ruins em qualquer lado que seja. Os bons são a maioria

Ao terminar de falar, volto a me sentar em posição felina, ficando parado, lambendo uma das pernas, como se não tivesse dito nada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: T4E18 - De qual lado?   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
T4E18 - De qual lado?
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 4Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
 Tópicos similares
-
» T4E18 - De qual lado?
» T02E06 - De Qual Lado?
» AJUDA! Qual o tamanho do mercado de leilões de centavos?
» Qual vocaçao...
» Qual a frase mais marcante que vc ja viu

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Geração Suprema :: Geração Suprema - RPG :: 4° Temporada-
Ir para: