Geração Suprema


Antes da criação temos a Destruição.
 
PortalInícioRegistrar-seConectar-seFAQBuscar

Compartilhe | 
 

 Praça Central

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3
AutorMensagem
Suporte
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 289
Data de inscrição : 11/10/2013

Suprema Card
Nome Civil: John Mycroft
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: Praça Central   Ter Abr 21, 2015 11:07 am

Reservadamente, o esculto. Ele parece manter seu controle, pelo menos em minha percepção. Com um leve gesto de cabeça, indico que irei sentar - me em uma cadeira nas proximidades e é exatamente isso que fiz nos segundos que morreram rapidamente. Minha mão, em um fugaz movimento, puxa meu futuro assento e, em instantes, estou fisicamente em estado de repouso no mesmo.
Espacialmente, tende a escolher a cadeira que ficasse frente á frente com o presidente. Essa minha decisão sutilmente poderia significar como se fosse o encontro de dois tabuleiros de xadrez, peças em minha mente. Ou, apenas, poderia não ter nenhum significado realmente oculto. Entre outros efeitos, isso não têm importância na equação. Com um olhar de lado, discreto, sou capaz de perceber o garçom no perímetro. E, educadamente e timidamente, faço o meu pedido em um tom de voz nitidamente baixo. Embora, por necessidade comunicativa, ainda deveria ser algo audível:
- Eu agradeço. Mas, mestre, eu preferiria alguma substância não alcoílica. Tomando ciência disso, eu gostaria de um suco de laranja por favor. Caso não o tenham, um pouco de água poderá substituir.   - Digo ao garçom.
Mudamente, esperaria os pedidos chegarem. Não queria correr o risco desnecessário de ter terciários ouvindo o dialogo. Observando, discretamente, começaria a falar quando tivesse a certeza que nenhum individuo próximo ou presente esteja perto o suficiente para ouvir qualquer palavra:
- Peço desculpas por interromper o fluxo dessa comunicação. Entretanto, continuando, a politica com o exterior têm seu papel. Porém, se não for muita aventura minha, gostaria de aconselha - ló: Sobre os novos elementos da equação, o tigre e a garota. Eu entendo perfeitamente que devemos sempre acolher novos membros. Porém, não que precise disso, Mas, peço ao senhor cautela. Estamos em um cenário de muitas frentes, temos que garantir o nosso interior também. Uma exemplificação disso é o iluminista, que se não me falhe a memória, terminou sendo um traidor que levou informações sobre o quadro geral. Apenas, recorde de medir bem o que deve ou não dizer de conhecimento para as novas atribuições. Embora, suspeito que o senhor já tem ciência disso. - Digo, em um volume extremamente baixo e cheio de discrição. Teoricamente, o suficiente para somente e especificamente o presidente seja capaz de ouvir.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bugarski
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 636
Data de inscrição : 15/08/2013

Suprema Card
Nome Civil: Jones Statäinhoffen
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: Praça Central   Ter Abr 21, 2015 5:29 pm

Olho com atenção para meu amigo, tentando ver alguma mudança no seu comportamento pra quem sabe descobrir algum problema pessoal com tigre ou harleen, mas é em vão. Respondo a ele:

-Entendo sua preocupação. Nosso histórico recomenda prudência. Mas entenda, meu amigo, se eu tomar medidas distintas o que seria de Teenimac? Construímos o que chamamos a terra da esperança, um lugar onde humanos e mutantes possam viver em paz e harmonia. Tenho meios para descobrir o que cada um daqui é, quais são seus anseios mais mórbidos. Mas se coloque em meu lugar. Se faço isso, não estaria cerceando a liberdade individual? Se faço isso, nosso sistema não seria uma ditadura travestida de democracia? Somos livres amigo, e preservo essa liberdade. Somos livres até pra nos voltar contra os que nos auxiliam. Sugere um outro tipo de comportamento?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Suporte
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 289
Data de inscrição : 11/10/2013

Suprema Card
Nome Civil: John Mycroft
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: Praça Central   Sex Abr 24, 2015 5:09 pm

Eu ouço suas palavras, sem dá o gosto de demostrar alguma emoção ou reação. Eu apenas estava ali, fisicamente em repouso quase como a cadeira em que meu corpo se apoie. Uma mão minha estava segurando o pequeno recipiente de água que, educadamente, havia pedido anteriormente. Sem ter o prazer de bebe - ló, apenas observar - ló por um insignificante instante. E, como as águas que fluem nesse copo, meus pensamentos estavam funcionando de maneira sutil e fugaz.
* Ele mantêm o controle, a figura de autoridade e intelectualismo, como é esperado de um homem em sua posição. Porém, sua fala de agora, permite margem para muitas interpretações. Isso é algo que posso explorar para minha própria vantagem. Continuar usando essa premissa, usar suas próprias atitudes contra o individuo. E, como em um xadrez argumentativo, esperar sua reação é o que restará no final.*
Analiticamente, preparo o meu futuro discurso em poucos momentos. Ainda segurando o meu copo, eu apenas direciono meu olhar frio e, ao mesmo tempo, beirando a uma introspectividade até assustadora. Um elemento na equação que é cortado pelo começo de minhas palavras: Baixas, relativamente tímidas. Porém, objetivas e sem nenhum sentimento a mais detectável. Ou, no minimo, esse é meu intuito:
- Prudência, essa é a mensagem que desejo transmitir aqui. Os meios que fará para alcança - lá, se assim fizer, pouco me importam na equação. Agora, se seu almejo é conseguir detalhes sobre minha percepção do cenário atual, eu posso oferece - lãs ao mesmo. Perdoe minha presunção. Entretanto, segredos não é a novidade aqui, acho que existe em muitas realidade politicas ou não. É humano. O senhor, pode me confirmar ou negar isso, claramente.  A liberdade é um conceito bastante discutível na filosofia e, ocasionalmente, nas ciências exatas. Acredito, que você, meu amigo, conheça o trabalho Michael Foucault. E, mesmo não sendo uma de minhas teses preferidas, colocou que as instituições, principalmente as escolares, eram um meio de manter uma sociedade com valores e conceito de liberdade sobre um controle. Aonde, a partir dessa premissa, aprendemos que o livre - arbítrio individual termina quando feri o de outro individuo. Obviamente, essa uma definição e, posso está equivocado. Mas, se usamos essa tese, não é complexo definir que segredos, quando bem manuseados, podem não ferir a liberdade ou sentimento de outros. Nisso, só peço que mantenha segredo de maiores planos ou estratégias das nossas novas atribuições. Pelo menos, até a confiança dos mesmos está garantida. No mais, desculpe minha ousadia, não deve ser complexo para o senhor. Afinal, podemos exemplificar, suas idas misteriosas ao Centro Tecnológico. Um segredo, até onde sei.          
Voltar ao Topo Ir em baixo
Harleen
Membro
Membro
avatar

Mensagens : 40
Data de inscrição : 18/03/2015
Idade : 19

Suprema Card
Nome Civil: Harleen
Itens:
Poderes:

MensagemAssunto: Re: Praça Central   Sex Abr 24, 2015 11:08 pm

Entro no bar, meus olhos ainda estavam vermelhos e eu tinha a pior dor de cabeça que ja senti, parecia estar na ressaca da minha vida, sentia que havia um esquilo em extase se revirando dentro do meu estomago e meu cabelo desagradavelmente parecia ter vida propria com suas pontas em meio à nos e sem um destino certo.

Caminhei diretamente até Jones e Suporte sem olhar para os lados e parei ao lado dos dois e disse.

-Eu posso trabalhar aqui? Tenho experiência em atirar em garrafas se precisar, e tenho um otimo equilíbrio. .. acho que posso fazer aquilo... Aponto para o garçom caminhando com uma bandeja.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Treze
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 248
Data de inscrição : 10/08/2013

MensagemAssunto: Re: Praça Central   Ter Jun 02, 2015 9:38 am

Dia

21 de outubro de 2016

_________________
"As sombras podem ser muito perigosas..."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: Praça Central   Dom Jun 07, 2015 7:38 pm

Estava na região da praça central, o tempo estava claro, e eu estava um pouco do lado de fora para espairecer. Ainda assim, no entanto, algo me incomodava. Não sei dizer, mas as vezes parece que tenho olhares desconfiados ao meu redor. Já demonstrei não ser um exemplo de auto-controle, afinal, eles já me viram devorar pelo menos dois seres humanos. Ok, ao devorar o primeiro eu meio que salvei a vida de Kaboom, e o segundo estava prestes a me matar. Mas isso me era preocupante, por que o sangue humano já estava começando a me deixar com fome.

Vendo uma pomba no topo de uma árvore, dei um majestoso salto e capturei a ave com minhas presas enormes, indo ao chão e a destroçando rapidamente. Mas o que eu precisava mesmo era de companhia, de alguém pra conversar. E ainda mais agora, que minhas memórias estão voltando aos poucos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Praça Central   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Praça Central
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3
 Tópicos similares
-
» Praça Central de Magnólia
» Praça Central
» Praça Central
» Praça Central
» Central Park

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Geração Suprema :: Teenimac :: Áreas de Convivência-
Ir para: